Entrevista Especial com WALCYR CARRASCO - Parte 1

 

Walcyr Carrasco dedica novela a São Francisco de Assis

 

Ainda como parte das comemorações dos 4 anos do “No Mundo dos Famosos” trago novamente pra vocês um grande entrevistado. Ele nasceu em uma família de classe média baixa, estudou em escolas públicas, graduou-se em Jornalismo pela USP, mas antes havia cursado até o terceiro ano da faculdade de História, o que foi muito útil em suas pesquisas para as novelas de época, que, diga-se de passagem, é uma das marcas do autor na teledramaturgia brasileira. Sua entrada na teledramaturgia aconteceu por intermédio da Regina Duarte, quando ele escreveu alguns episódios da série “Joana”, produzida pela atriz. Mas, a sua grande chance como novelista aconteceu na Rede Manchete quando escreveu a novela “Xica da Silva” que abriu o caminho da sua consagração como um dos maiores novelistas do Brasil. Minha entrevista especial de hoje é com WALCYR CARRASCO, autor de “Morde & Assopra”, a nova novela das sete da Globo.

  

“Ah, eu não sei como as idéias surgem. Elas surgem, mas o processo é totalmente subjetivo.”

 

(Walcyr Carrasco)

 

 

Jéfferson Balbino: Você é formado em História e Jornalismo? Esses cursos de graduação chegaram a contribuir na sua carreira como escritor de novelas?

Walcyr Carrasco: Não sou formado em História, fiz até o terceiro ano. Mas o curso de História me ajudou a pesquisar e construir novelas de época. O jornalismo também coloca o autor em contato com muitas histórias de vida, o que contribui para a criação.

 

Jéfferson Balbino: É verdade que foi a atriz Regina Duarte que deu uma força pra você escrever pra televisão, através do seriado “Joana” (Rede Manchete/1985)?

Walcyr Carrasco: Sim, a Regina Duarte me deu a primeira chance.

Aguinaldo Silva e Walcyr Carrasco se encontram em Lisboa  - Reprodução/aguinaldosilvadigital

(Walcyr Carrasco com Aguinaldo Silva em Portugal)

 

Jéfferson Balbino: A primeira novela que você escreveu foi “Cortina de Vidro” (SBT/1989). Essa novela teve muitos problemas na produção, talvez pelo fato de ser uma produção independente e com poucos recursos financeiros. Com essa estréia um tanto frustrante você nunca chegou a pensar em desistir de ser escritor de novela e voltar para o jornalismo?

Walcyr Carrasco: Não foi frustrante, pois aprendi muito. É raro um autor ter uma experiência tão desafiadora como foi a minha com o Guga de Oliveira. Mas eu voltei sim ao jornalismo depois dessa novela, por falta de novas oportunidades na televisão.

 

Jéfferson Balbino: Que experiência você adquiriu como escritor escrevendo as minisséries: “Rosa dos Rumos” (Manchete/1990), “O Guarani” (Manchete/1991) e “Filhos do Sol” (Manchete/1991)? Você tem vontade de voltar a escrever minisséries?

Walcyr Carrasco: Sim, tenho muita vontade de escrever minisséries. “Rosa dos Rumos” é uma criação de Rita Buzzar, com quem desenvolvi os roteiros. A Manchete era um lugar excelente para aprender, pois ousava muito, inclusive dando oportunidade para novos autores como eu.


Título da Matéria

 

Jéfferson Balbino: Sua segunda novela foi pra mim uma das melhores novelas de todos os tempos, que foi a sensacional “Xica da Silva” (Manchete/1996). Como surgiu a idéia de fazer essa fascinante novela?

 Walcyr Carrasco: Eu sempre fui apaixonado pela história de Xica. Inicialmente a ofereci como “maxissérie”. Depois a direção da Manchete resolveu transformá-la em novela.

 

 



Escrito por jéfferson às 18h17
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com WALCYR CARRASCO - Parte 2

 

Jéfferson Balbino: “Xica da Silva” foi uma deliciosa novela ousada, tinha inúmeras cenas regadas com muito erotismo, assassinatos, violências... Você acha que essa liberdade que a extinta Rede Manchete dava pro autor contar suas histórias, é o grande diferencial que só a teledramaturgia da Manchete tinha?

Walcyr Carrasco: A Manchete ousava muito, acreditava em novas idéias e, é uma televisão que faz falta. Mas eu sinto na Globo a mesma capacidade de ousar. Que televisão aceitaria tranquilamente a idéia de botar um chimpanzé entre os protagonistas de uma novela, como fiz em “Caras & Bocas”?

 

Jéfferson Balbino: E dá onde você tirou o nome do seu pseudônimo Adamo Angel? A produção da novela sabia que era você quem escrevia ou só o Avancini (diretor da novela) sabia a verdadeira identidade do autor de “Xica da Silva”?

Walcyr Carrasco: A direção da emissora sabia e o Avancini também, é claro.

 

Jéfferson Balbino: Durante as gravações finais da novela, o ator Alexandre Lippiani, o interprete do Padre Eurico, veio a falecer. Como isso abalou a equipe da novela?

Walcyr Carrasco: Abalou muito, é tristissimo ver um ator jovem e talentoso falecer durante a gravação de uma novela, como aconteceu com o Alexandre Lippiani. Reescrevi vários capítulos com um nó na garganta.

 

Jéfferson Balbino: No final da novela o Contratador João Fernandes (Victor Wagner) acabou ficando com a vilã Violante (Drica Moraes). Que argumentos você usou pra chegar nesse desfecho?

Walcyr Carrasco: Ele ficou e não ficou, pois a prendeu em uma casa, onde ninguém falava com ela. O argumento é histórico. João Fernandes voltou para Portugal e nunca mais viu Xica da Silva.

 

Jéfferson Balbino: Como você acha que a sociedade brasileira da época foi representada na novela?

Walcyr Carrasco: Acho que a moral, a rusticidade, a violência nos costumes e principalmente, a relação entre negros e brancos foi mostrada com intensidade na novela.

 

Jéfferson Balbino: O autor Benedito Ruy Barbosa ficou chateado com o SBT por reprisar “Pantanal” em 2008. Como você encarou a reprise de “Xica da Silva” pelo SBT em 2005?

Walcyr Carrasco: Eu perguntei ao jurídico da Globo se eles tinham direito. Tinham. Mais tarde, fiquei contente pelo sucesso, mais uma vez. Afinal, é uma obra que escrevi com muita paixão.

 

(Walcyr Carrasco e Gabriel Chalita)


Jéfferson Balbino: Na onde você busca inspiração pra escrever uma novela?

Walcyr Carrasco: Ah, se eu soubesse a resposta para essa pergunta, iria sempre ao mesmo lugar buscar a inspiração. Só que inspiração não é uma mercadoria que se encontra em qualquer lugar.

 



Escrito por jéfferson às 18h10
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com WALCYR CARRASCO - Parte 3

 

 

Jéfferson Balbino: Em Julho/2010 eu entrevistei sua ex-colaboradora Duca Rachid, e ela me disse que você “é um autor que tem o público na mão”. Como é sua relação com o público quando você está escrevendo uma novela?

Walcyr Carrasco: Eu assisto a novela como o público. Tento me sentir como ele. E me apaixono ou não como ele se apaixona. Minha relação é de identificação.

 

Jéfferson Balbino: Em 1998, você escreveu a novela “Fascinação”. O que você destacaria dessa sua passagem pela dramaturgia do SBT?

Walcyr Carrasco: Foi muito boa essa passagem. Eu admiro muito o Silvio Santos. E fiquei feliz em fazer um sucesso para a emissora, como foi “Fascinação”.

  

(Walcyr Carrasco com a atriz Elisabeth Savalla)


Jéfferson Balbino: Que avaliação você faz do trabalho da atriz Adriana Esteves que foi a protagonista Catarina de sua novela “O Cravo e a Rosa (Rede Globo/2000)?

Walcyr Carrasco: É uma atriz maravilhosa, talentosíssima. Merece tudo de bom que aconteceu em sua carreira e muito mais. E além do mais, é uma pessoa super simpática.

 

Jéfferson Balbino: Houve alguma dificuldade no andamento da novela “A Padroeira” (Rede Globo/2001) com a morte do diretor Walter Avancini?

Walcyr Carrasco: Sim, eu fiquei muito abalado com a morte do Avancini. Ele me ensinou muito. Minha vida se divide entre ‘antes e depois’ de Walter Avancini, que era um gênio e um grande amigo que perdi.

 


Jéfferson Balbino: Em Julho/2010, na minha entrevista com a autora Thelma Guedes, sua ex-colaboradora, ela me contou que foi você que uniu ela com a Duca Rachid pra escrever o remake da novela “O Profeta” (Rede Globo/2006). Como você teve a idéia de indicá-las pra fazer essa adaptação?

Walcyr Carrasco: Intuição. Achei que as duas se dariam bem, ambas já haviam trabalhado comigo. E se deram muito bem, já vão para a terceira novela “Cordel Encantado”.

 

Jéfferson Balbino: E, como é pra você ver suas ex-colaboradoras fazendo um enorme sucesso como autoras-titulares?

Walcyr Carrasco: Uma felicidade porque antes de serem autoras, já eram minhas amigas.

 

Jéfferson Balbino: Você chegou a ser colaborador de alguma novela, ou já começou como autor titular?

Walcyr Carrasco: Já comecei como autor titular. Que sorte!

 

Jéfferson Balbino: Conta pra gente como surgiu à idéia de escrever a divertida novela “Chocolate com Pimenta” (Rede Globo/2003)?

Walcyr Carrasco: Ah, eu não sei como as idéias surgem. Elas surgem, mas o processo é totalmente subjetivo.

 

 

 



Escrito por jéfferson às 17h56
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com WALCYR CARRASCO - Parte 4

-Iwi Onodera/EGO

(O autor Walcyr Carrasco beijando um dinossauro na festa de lançamento de "Morde & Assopra". Foto: Divulgação)

 

 

Jéfferson Balbino: Você escreveu algumas peças de teatro. É muito diferente da forma de escrever pra TV?

Walcyr Carrasco: Sim, mas também me fascina demais escrever para teatro. Estou terminando a adaptação do livro: “A Vida Sexual da Mulher Feia”, de Claudia Tajes, para o teatro. Uma delícia.

 

Jéfferson Balbino: Como é processo de criação que você usa pra criar um determinado personagem?

Walcyr Carrasco: Meus processos são intuitivos. Eu sento e começo a escrever. Claro que tudo é fruto de uma experiência de vida, mas as idéias vão fluindo num processo que não é racional.

 

Jéfferson Balbino: Que experiência você chegou a adquirir como autor escrevendo para o infantil “Sitio do Picapau Amarelo” (Rede Globo/2002)?

Walcyr Carrasco: Amei! Eu comecei a querer ser escritor aos 12 anos quando li Monteiro Lobato. Para mim foi uma honra escrever o “Sitio do Picapau Amarelo”. Acho que foi uma das coisas que meu deu mais prazer na vida.


 

 

Jéfferson Balbino: Como foi pra você rever o sucesso que sua novela “Alma Gêmea” (Rede Globo/2006) fez durante a reprise no “Vale a Pena Ver de Novo”?

Walcyr Carrasco: Eu amo essa novela, escrevê-la foi um processo místico, uma imersão em mim mesmo. E vê-la reexibida, com o público compartilhando mais uma vez minha emoção e espiritualidade, me fez muito bem.

 

Jéfferson Balbino: Você escreveu 2 novelas com temáticas religiosas distintas, como o catolicismo abordado em “A Padroeira” e o espiritismo abordado em “Alma Gêmea”. Você nunca pensou em escrever uma novela usando outras religiões no contexto da trama, como a religião evangélica, que nunca foi abordada de uma forma contundente na teledramaturgia brasileira?

Walcyr Carrasco: Ninguém pode escrever sobre um tema religioso sem estar profundamente ligado a espiritualidade que esse tema carrega. Eu amo Nossa Senhora Aparecida por isso escrevi “A Padroeira”. E acredito na vida após a morte e na reencarnação, por isso escrevi “Alma Gêmea”. Escrever sobre outra religião implicaria em me aproximar mais dela. Mas respeito todas as religiões e todas as formas de espiritualidade. Há muitos caminhos para chegar a Deus.

 

Jéfferson Balbino: Você tem vontade de escrever algum remake?

Walcyr Carrasco: Sim. Mais de um. Mas não vou dizer quais.

 


Jéfferson Balbino: Qual é sua avaliação final sobre sua novela de enorme sucesso: “Caras & Bocas” (Rede Globo/2009)?

Walcyr Carrasco: Eu me diverti tanto escrevendo “Caras & Bocas” que só posso dizer que foi um momento de felicidade.

 

Jéfferson Balbino: Amanhã (21/03) estreia sua nova novela “Morde & Assopra”. O que você pode adiantar pra gente desse novo trabalho?

Walcyr Carrasco: Ah, é uma novela que fala de dinossauros, de robôs. E também uma comédia romântica, com emoção e humor. Só mesmo vendo, são muitas histórias, algumas nunca vistas na TV.

 

Jéfferson Balbino: Pra finalizar, nossa tradicional pergunta: Qual foi a melhor novela que você já assistiu?

Walcyr Carrasco: Essa é uma pergunta que nunca respondo. Eu não acho que a gente tem que viver pensando no melhor ou pior, mas aproveitar a vivência que cada novela propõe. Eu admiro e aprendo muito com novelas de outros autores, com livros, teatro. Com tanta diversidade, porque escolher só uma?

 

Jéfferson Balbino: Walcyr, muito obrigado por ter me concedido essa entrevista. Adoro seus trabalhos, e sei da grande importância que você ocupa no nosso imaginário com suas instigantes novelas. Um grande abraço e muito sucesso em todos os seus trabalhos!

Walcyr Carrasco: Eu é que agradeço Jéfferson. Abraços!

 

 



Escrito por jéfferson às 17h48
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

OUTRAS ENTREVISTAS

 

 

Pra você que perdeu as outras entrevistas realizadas por mim aqui NO MUNDO DOS FAMOSOS, aí vai o link de cada uma pra você poder ler, ou reler novamente. Clique em cima do nome do entrevistado para ler a Entrevista Especial realizada.

1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19 - EDWIN LUISI (ator)

20 - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21 - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22 - WHALTER NEGRÃO (autor de novelas)

23 - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24 - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25 - MATEUS CARRIERI (ator)

26 - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27 - TAMARA TAXMAN (atriz)

28 - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29 - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30 - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31 - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32 - ROSANE GOFMAN (atriz)

33 - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novellas)

34 - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35 - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36 - INGRA LIBERATO (atriz)

37 - JOÃO CAMARGO (ator)

38 - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39 - DÉO GARCEZ (ator)

40 - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41 - BETH GOULART (atriz)

42 - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43 - VANESSA GOULARTT (atriz)

44 - DENISE EMMER (escritora)

45 - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46 - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)



Escrito por jéfferson às 17h34
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próxima Entrevistada: LEONA CAVALLI

SEMANA QUE VEM...

Eu entrevisto a atriz LEONA CAVALLI.

NÃO PERCA!



Escrito por jéfferson às 17h24
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010