Entrevista Especial com NORMA BLUM - Parte 1

 

 

Hoje tenho como entrevistada uma das maiores atrizes da teledramaturgia brasileira. Ela começou a carreira aos doze anos na extinta TV Tupi, atuou também em “Ilusões Perdidas”, a primeira novela produzida pela TV Globo. Ela considera-se uma atriz super emotiva, o que é visível em suas sensíveis personagens que marcaram o nosso imaginário. Na galeria de suas personagens marcantes estão a Malvina da novela “Escrava Isaura” e a Aurélia de “Senhora”, além de atriz ela ainda atua como terapeuta holística. Minha ‘Entrevista Especial’ é com a talentosa e veterana atriz NORMA BLUM.

 

“O papel do ator é emprestar corpo, voz e emoção ao texto do autor. Através de nossa atuação tocamos a mente, o coração e, às vezes, a alma do espectador.”

(Norma Blum)

 

Jéfferson Balbino: Começa nos contando como surgiu seu interesse pela carreira artística?

Norma Blum: Nossa família tinha muito interesse por literatura, teatro, cinema, música. Meu pai era um pintor e fotógrafo talentoso, meu avô um virtuose do violino, minha avó cantora. Mas embora estivesse cercada de manifestações artísticas em casa, não imaginava um futuro como atriz.

 

Jéfferson Balbino: Como foi trabalhar com seu pai, o professor Robert Blum, dando aulas de inglês na TV Tupi?

Norma Blum: Aos doze anos fui trabalhar com meu pai Robert Blum no programa Aulas de Inglês na recém inaugurada TV Tupi do Rio. As aulas eram incrementadas com músicas e pequenas cenas de peças famosas, tudo em Inglês.

 

 

Jéfferson Balbino: O que você destacaria de sua passagem pela TV Tupi?

Norma Blum: O Jacy Campos me convidou para representar a protagonista Emily na peça Nossa Cidade em seu programa Câmera Um. Assim estreei como atriz profissional e trabalhei dez anos na Tupi do Rio fazendo todos os programas da casa. Era tevê ao vivo e foi um grande aprendizado.


Jéfferson Balbino: Além de trabalhar na TV Tupi, você ainda trabalhou nas extintas emissoras: TV Rio, TV Excelsior e TV Continental. O que cada uma dessas emissoras representa na sua carreira?

Norma Blum: Na TV Rio trabalhei em programas de show e também no Grande Teatro de Sérgio Brito e Fernando Torres que migrou da TV Tupi para a TV Rio. Na Excelsior fiz poucos programas. Atuei na TV Tupi de SP no Teatro de Equipe e no Teatro de Vanguarda.


 



Escrito por jéfferson às 21h42
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com NORMA BLUM - Parte 2

 

(Crédito da Foto: Site Terra)

 

Jéfferson Balbino: Sua estréia na TV Globo foi no programa “Romance na Tarde” (1965) onde você fazia apresentação de filmes e realizava entrevistas com atores e cantores. Como surgiu o convite pra realização desse trabalho?

Norma Blum: Alguns meses depois de "Ilusões Perdidas" passei a ser apresentadora do "Romance na Tarde em que eu introduzia o filme da tarde com informações sobre ele e também entrevistava atores e escritores.


Jéfferson Balbino: Você também já participou de diversos espetáculos teatrais de grande repercussão. Qual foi a peça mais trabalhosa que você já fez ao longo de sua carreira?

Norma Blum: Fiz ‘Romeu e Julieta’ na TV Continental, um espetáculo grandioso.

 

Jéfferson Balbino: Sua estréia nas novelas foi em “Ilusões Perdidas” (1965), que foi a primeira novela produzida pela TV Globo. Que lembranças você tem dessa pioneira produção da emissora?

Norma Blum: Fui atriz da primeira novela da TV Globo, Ilusões Perdidas. Fomos ao ar no primeiro dia de transmissão da emissora.

 

Jéfferson Balbino: Você ainda atuou nas novelas: “O Homem Proibido” (TV Globo/1967), “A Gata de Vision” (TV Globo/1968) e “A Última Valsa” (TV Globo/1969), todas escritas pela escritora cubana Glória Magadan. Como foi trabalhar com essa saudosa novelista?

Norma Blum: As novelas da cubana Glória Magadan eram muito fantasiosas, mas fizeram sucesso na época. Gostei mais dos enredos da nova safra de autores que ingressou na Globo como Janete Clair, Dias Gomes e Gilberto Braga.

Norma Blum e Claudio Marzo

(Claudio Marzo e Norma Blum na novela "Senhora")


Jéfferson Balbino: Houve alguma dificuldade em trabalhar para as crianças no infantil “Pluft, o Fantasminha” (TV Globo/1975)?

Norma Blum: Quando Geraldo Casé me convidou para trabalhar em Pluft, o Fantasminha de Maria Clara Machado, seriado em vinte capítulos em parceria da Globo com a TV Educativa em 1975, eu já tivera uma experiência de dez anos no Teatrinho Infantil de Fábio Sabag na TV Tupi e em incontáveis peças de teatro infantil. Nunca tive dificuldade de trabalhar com ou para crianças. Inclusive escrevo livros para elas.

 

Jéfferson Balbino: Como foi a responsabilidade em protagonizar a novela “Senhora” (TV Globo/1975), que era uma adaptação do romance homônimo de José de Alencar?

Norma Blum: Interpretar Aurélia Camargo, a Senhora de José de Alencar, num texto adaptado por Gilberto Braga foi um prazer. Aurélia é um personagem feminino muito forte. Gosto de personagens de peso.

 



Escrito por jéfferson às 21h33
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com NORMA BLUM - Parte 3

 

(Norma Blum e Eduardo Tornaghi) 


Jéfferson Balbino: Outra novela que você protagonizou foi “Vejo a Lua no Céu” (TV Globo/1976), que foi uma adaptação do conto homônimo de Marques Rebelo. Como foi contracenar com o ator Eduardo Tornaghi?

Norma Blum: Com Eduardo Tornaghi a parceria foi uma delícia em Vejo a Lua no Céu. Ele é um ator sensível e um colega maravilhoso. A sintonia foi maior pelo fato de sermos ambos librianos. Esta novela dirigida por Herval Rossano é uma história delicada de final triste: os dois protagonistas morrem no final.


Jéfferson Balbino: Como é o processo de composição de suas personagens?

Norma Blum: O processo de composição de um personagem é como uma colcha de retalhos, tanto no teatro quanto na tevê ou no cinema. Mas a pesquisa, as informações levantadas, a mediunidade que expressamos nas cenas, tudo precisa ser costurado com consistência. É um trabalho sempre fascinante, revelador da alma humana e de nossa personalidade.


Jéfferson Balbino: Você iniciou sua carreira no cinema atuando no filme “Sai de Baixo” (1956). De lá pra cá já foram mais de 15 obras cinematográficas... Como você avalia sua participação no Cinema Brasileiro?

Norma Blum: Tive o prazer de fazer comédias hilárias do tempo da chanchada com grandes atores deste gênero de cinema ainda quando adolescente. Depois fiz O Beijo, adaptado da obra de Nelson Rodrigues e dirigido por Flávio Tambellini. O filme em preto e branco com grande elenco tem um sabor nítido de filme noir e do impresionismo alemão. Muito legal. Infelizmente há duas décadas não atuo no cinema. Adoro a linguagem cinematográfica e esta é uma grande frustração em minha carreira. Quero fazer muito, muito cinema.

(Bianca Rinaldi e Norma Blum no remake "A Escrava Isaura")


Jéfferson Balbino: Em 1975, você fez uma participação especial na novela “Bravo!” (TV Globo). Como foi atuar num texto da saudosa novelista Janete Clair.

Norma Blum: Sim, participei da novela Bravo de Janete Clair que teve a colaboração de Gilberto Braga. Núcleo de Fábio Sabag. Eu fazia a pianista Elvira.


Jéfferson Balbino: Já em 1976, você deu vida a Malvina na novela “Escrava Isaura” (TV Globo). Como vocês do elenco lidavam com o imenso sucesso que a novela ocasionou?

Norma Blum: Escrava Isaura de 1976 foi um sucesso absurdo. Vendida a 197 países em todo o mundo. Quando gravávamos a novela sob a direção de Herval Rossano e Milton Gonçalves não tivemos a dimensão exata do que este trabalho representaria mundialmente em termos de um sucesso que perdura até hoje. Uma satisfação é ouvir do público que minha Malvina foi inesquecível.


Jéfferson Balbino: O papel do ator se restringe apenas em representar ou vai, além disso?

Norma Blum: O papel do ator é emprestar corpo, voz e emoção ao texto do autor. Através de nossa atuação tocamos a mente, o coração e, às vezes, a alma do espectador. É muita responsabilidade, mas constitui um desafio e um prazer sempre renovados.


Jéfferson Balbino: Na novela “Marina” (TV Globo/1980) novamente você foi dirigida pelo saudoso e competente diretor Herval Rossano. Que experiência você adquiriu como atriz ao trabalhar com esse talentoso diretor?

Norma Blum: A maioria dos meus trabalhos de sucesso em novelas da Globo foi dirigida por Herval Rossano. Sendo também ator era um excelente diretor de atores. Uma de suas características era também focalizar o ator ouvinte além do ator que tinha a fala no momento. A experiência com Herval foi sempre boa e um aprendizado criativo.


Jéfferson Balbino: Como é o seu envolvimento com suas personagens? Mesmo já sabendo o que vai acontecer com elas você ainda consegue vibrar ao assistir a novela?

Norma Blum: Sou uma atriz muito emotiva. Choro ao ler o texto na primeira vez, choro no ensaio, choro na gravação e choro de novo quando assisto a cena.


Jéfferson Balbino: Você atuou nas novelas: “Ciranda de Pedra” (TV Globo/1981), “Sinhá Moça” (TV Globo/1986) e “Escrava Isaura” (TV Globo/1976), todas essas novelas ganharam remakes. Como foi ver suas criações sendo interpretadas por outras atrizes?

Norma Blum: Assistir aos remakes de trabalhos que fizemos no passado é interessante porque podemos perceber a nova leitura que os adaptadores, diretores e atores dão ao trabalho. É sempre uma novidade.

 



Escrito por jéfferson às 21h28
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com NORMA BLUM - Parte 4

 

(Norma Blum e Denise Del Vecchio em "Anos Rebeldes", em 1992.)

 

Jéfferson Balbino: Como foi participar do elenco das novelas: “Elas por Elas” (TV Globo/1982) e “Lua Cheia de Amor” (TV Globo/1990)?

Norma Blum: “Elas por Elas” e “Lua Cheia de Amor” em que tive pequenas participações valeram por serem comédia e terem um elenco primoroso de atores de comédia. Foi divertido.


Jéfferson Balbino: Você atuou na novela “Bambolê” (TV Globo/1987), que tinha como contexto a sociedade brasileira dos anos 1950. Você que vivenciou esse período, levou alguma experiência pessoal pra desenvolver a Carmem, sua personagem na trama?

Norma Blum: Minha personagem de Bambolê, Carmen, me lembrou algumas mães de minhas colegas do curso médio. Mas o personagem em si não refletia minha experiência de vida nos anos dourados.


Jéfferson Balbino: Entre 1982 a 1985, você participou de diversos episódios do programa “Caso Verdade”. Como era a responsabilidade em dramatizar fatos reais?

Norma Blum: Em “Caso Verdade” as histórias eram verdadeiras. Mas cabia aos atores interpretarem o texto da mesma forma que lidamos com personagens de ficção.


Jéfferson Balbino: Além das novelas já citadas até aqui, você ainda trabalhou com o autor Gilberto Braga na minissérie “Anos Rebeldes” (TV Globo/1992) e nas novelas: “Celebridade” (TV Globo/2003) e recentemente em “Insensato Coração” (TV Globo/2011). Qual a importância que esse talentoso autor ocupa na sua belíssima trajetória profissional?

Norma Blum: Gilberto Braga é responsável por grande parte dos meus melhores trabalhos na televisão. Seu texto é sempre delicioso e muito fácil de falar. Suas tramas são intrincadas e excelentes. Minha vida profissional está muito ligada a este autor.

(Norma, Aldo de Maio e Sérgio Britto em "Grande Teatro Tupi", em 1954)


Jéfferson Balbino: Você também atuou em outras emissoras, na Rede Record você trabalhou na novela “A Escrava Isaura” (2004), no SBT atuou na novela “Pícara Sonhadora” (2001) e na Band atuou em “Floribella” (2005). Como você vê essa expansão na produção de teledramaturgia no Brasil?

Norma Blum: Talvez o Brasil seja o país que melhor produz teledramaturgia em novelas. Daí que várias emissoras participam deste mercado tanto no Brasil quanto com vendas para o exterior.


Jéfferson Balbino: Fale um pouco pra nós sobre seu trabalho com a terapia holística.

Norma Blum: Como terapeuta holística criei diversos workshops de fim de semana para favorecer o auto-conhecimento e a dinâmica familiar dos participantes. Especial destaque merece o curso Amor Incondicional e Perdão. Ele provoca mudanças profundas nas pessoas. Também atuo com o Jogo da Transformação, uma dinâmica criada na comunidade de Findhorn na Escócia.



Jéfferson Balbino: Você atuou em duas temporadas de “Malhação” (TV Globo/2007-2008). Como foi trabalhar com essa nova geração de atores nesse seriado que te aproximou de um público que não te conhecia de seus trabalhos mais antigos?

Norma Blum: Malhação durante dois anos foi uma delícia. Tive oportunidade de mostrar meu trabalho como atriz de drama e também de comédia. A parceria com Antônio Pedro que fazia meu marido foi excelente. Também possibilitou a toda uma geração de jovens conhecer o trabalho de Norma Blum como atriz. E foi uma reciclagem de vida. O jovem sempre nos estimula.


Jéfferson Balbino: Em 2009, você interpretou a moderna e culta irmã Andréia na novela “Cama de Gato” (TV Globo). Você chegou a fazer laboratório pra interpretar a religiosa?

Norma Blum: Não precisei de laboratório para representar Irmã Andrea de “Cama de Gato”. Na TV Tupi eu já havia feito algumas religiosas nos teledramas da emissora. Além disso convivi com freiras modernas durante a temporada de três anos no Teatro do Hospital Santa Catarina no musical Francisco e Clara.  


Jéfferson Balbino: Conta pra nós sobre os livros recém-lançados que trás um panorama de sua carreira?

Norma Blum: Este ano fiquei muito feliz porque saiu minha biografia pela Coleção Aplauso da Imprensa Oficial de SP em que pessoalmente conto minha trajetória de vida e a profissional. O livro é: Muitas Vidas – Vida e Carreira de Norma Blum. Também foi lançado esta semana o livro da jornalista Rogéria Gomes Grandes Damas e um Perfil do Teatro Brasileiro, em que tive a honra de ser uma das nove atrizes perfiladas.


Jéfferson Balbino: Antes de finalizar nossa Entrevista, não poderia faltar a nossa pergunta de praxe: Qual foi a melhor novela que você já assistiu?

Norma Blum: As Grandes novelas foram todas as novelas do Dias Gomes. Foram também as novelas: “Que Rei Sou Eu” e “A Próxima Vítima”. E as minisséries: “Anos Dourados”, “Anos Rebeldes” e “Dalva e Herivelto”. Atualmente acompanho com prazer “Cordel Encantado”.


Jéfferson Balbino: Querida Norma, muito obrigado por ter concedido essa Entrevista ao “No Mundo dos Famosos”, foi uma honra pra mim entrevistar uma maravilhosa atriz como você. Parabéns pela belíssima carreira e muito sucesso sempre. Um grande beijo!

Norma Blum: Eu é que agradeço seu carinho Jéfferson. Abraços!

 



Escrito por jéfferson às 21h13
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próxima Entrevistada: DENISE DEL VECCHIO

Semana que vem...

Eu entrevisto a atriz DENISE DEL VECCHIO, a Augusta da novela "Vidas em Jogo" (Rede Record).

Bão Perca!



Escrito por jéfferson às 20h49
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

OUTRAS ENTREVISTAS

 

 Pra você que perdeu as outras entrevistas realizadas por mim aqui NO MUNDO DOS FAMOSOS, aí vai o link de cada uma pra você poder ler, ou reler novamente.

 

1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19 - EDWIN LUISI (ator)

20 - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21 - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22 - WALTHER NEGRÃO (autor de novelas)

23 - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24 - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25 - MATEUS CARRIERI (ator)

26 - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27 - TAMARA TAXMAN (atriz)

28 - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29 - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30 - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31 - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32 - ROSANE GOFMAN (atriz)

33 - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novelas)

34 - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35 - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36 - INGRA LIBERATO (atriz)

37 - JOÃO CAMARGO (ator)

38 - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39 - DÉO GARCEZ (ator)

40 - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41 - BETH GOULART (atriz)

42 - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43 - VANESSA GOULARTT (atriz)

44 - DENISE EMMER (escritora)

45 - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46 - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)

47 - LEONA CAVALLI (atriz)

48 - AZIZ BAJUR (dramaturgo)

49 - FÁTIMA FREIRE (atriz)

50 - VIVIAN DE OLIVEIRA (autora de novelas)

51 - JÉFFERSON BALBINO (blogueiro)

52 - SILVIO DE ABREU (autor de novelas)

53 - PEDRO NESCHLING (ator)

54 - JORGE BRASIL (jornalista)

55 - NORMA BLUM (atriz)

 



Escrito por jéfferson às 20h38
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.







Escrito por jéfferson às 20h27
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010