Entrevista Especial com BLOTA FILHO

 

 

 

Hoje tenho a honra de entrevistar um ator que sempre admirei, e depois dessa entrevista passei a admirá-lo ainda mais, afinal eu que também sou ator sei o quanto é difícil ingressar na TV. E, esse ator é a prova cabal de que devemos sempre lutar por nossos ideais, afinal ele lutou – e muito, para conseguir provar seu talento e assim se estabilizar na profissão, sofreu muito fazendo figuração até surgir a tão esperada primeira oportunidade, que surgiu e ele aproveito muito bem, fazendo de sua estréia um sucesso pessoal, isso na novela “Pérola Negra”, a partir desse trabalho ele não parou mais, fez várias novelas como: “América”, “Pequena Travessa”, “Cidadão Brasileiro”, “Vidas Opostas”, “Caminho das Índias” e atualmente pode ser visto na reprise da novela “Fascinação” e na novela “Corações Feridos”, ambas exibidas pelo SBT. Em suma, meu entrevistado de hoje é um corajoso ator que driblou vários obstáculos para conseguir se sobressair fazendo todos se renderem a seu imensurável talento. Meu entrevistado é o ator BLOTA FILHO.

 

 

 

 

"O ator que quer ingressar na carreira, independente de Teatro, TV ou Cinema. Deve ter humildade, e paciência por que a competição muitas vezes é desleal. Você vai ter que saber lidar com os artistas instantâneos que saem dos reality-show's. Então, seja você mesmo. Chegue aonde chegar e nunca se esqueça de onde saiu e do que passou pra chegar lá. Use isso a seu favor e não para humilhar ninguém. Seja grato por tudo que vem em sua direção de bom e de não tão bom."

 

(Blota Filho)

 

 

 

 

Jéfferson Balbino:     O fato de a sua mãe ser rádio-atriz e seu pai radialista foi que motivou você a seguir a carreira artística?

 

 

Blota Filho: Costumo dizer que foi 70% genético sim e os 30 % restante de sorte e força de vontade... Não teve influência direta não, mas ouvir as histórias do tempo em que mamãe era rádio-atriz era de me fazer sonhar com essa profissão sim.

 

 

Jéfferson Balbino:     É verdade que antes de você estrear como ator, fez várias figurações nas novelas da Band? Como era a figuração naquela época?

 

 

Blota Filho: Sim comecei como figurante na época em que a TV Bandeirantes produzia o sucesso “Os Imigrantes”. Olha era bem difícil ser figurante sim chegávamos as 6 da manhã na maioria das vezes nem a equipe de figurino ou maquiagem haviam chegado ainda... Éramos muito mal tratados, gritos eram constantes. Lembro que uma vez fiz uma cena em que tinha que estar ao fundo e bem longe, lógico, cavando um buraco. Quando dei por mim eles já haviam mudado de lugar e eu ainda estava lá cavando o tal buraco.

 

 



Escrito por jéfferson às 20h05
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com BLOTA FILHO

 

 

 

Jéfferson Balbino:     Sua estréia em novelas ocorreu na novela “Pérola Negra” (SBT/1998). Como foi essa primeira experiência na TV?

 

 

Blota Filho: Era o sonho se tornando realidade. Minha primeira novela e meu primeiro vilão. Tudo era mágico, intenso. Elenco e equipe era uma família feliz. E a oportunidade de trabalhar ao lado de atores que eu vi na época da TV Tupi. E ser dirigido pelo eterno Sheik de Agadir: Henrique Martins. Uma aula sempre.

 

 

Jéfferson Balbino:     Atualmente você está no ar na reprise da novela “Fascinação” (SBT/1998). Como está sendo se rever 13 anos depois? Chega a ser crítico em relação ao seu trabalho?

 

 

Blota Filho: Ah... O Renné. Divertido e afetado costureiro. É bem engraçado me ver quilos mais magro, com personagem delicioso e ao lados dos então estreantes também Regiane Alves, Mariana Ximenes, Caio Blat, Marcos Damingo e Heitor Martinez... Sou muito crítico sim, na hora da gravação, mas depois que fiz tá feito posso até achar que hoje faria diferente, mas sei que dei o meu melhor e na boa: ficou bem engraçado.

 

 

 

Jéfferson Balbino:     No seriado “Sandy e Júnior” (TV Globo/1999) você interpretou o adorável professor Camilo. Qual foi sua fonte de inspiração pra interpretar esse inesquecível personagem?

 

 

Blota Filho: Ah a entrada na Globo era o ápice do sonho. O Camilo caiu no meu colo e muito rápido. Mandei o material a pedido do então diretor Paulo Trevisan e fui escolhido pelo Carlos Manga que era o Diretor Artístico na época. Não sabia nada dele, a não ser que era um diretor rígido e viúvo. Aos pouco ficava sabendo pelos episódios dos dramas que permeavam a vida dele. Mas sabia que era tímido, nunca havia se casado e fui criando, junto com Paulo Silvestrini os trejeitos, o modo de sorrir, a postura e o tom da voz.

 

Jéfferson Balbino:     Como foi interpretar o Delegado Guerra na novela “Pequena Travessa” (SBT/2002)?

 

 

Blota Filho: O Guerra era um Camilo em outra profissão e de bigodes. Sério, astuto, esse foi mais fácil de dar vida. Delegados existem aos montes e as referencias existiam dentro de mim. Foi muito bom depois de 3 anos de Globo retornar a casa que me ajudou a concretizar esse meu sonho.

 

 

Jéfferson Balbino:     Em sua opinião, qual é a importância da telenovela na cultura do país?

 

Blota Filho: Telenovela mistura muitas vezes o lúdico com o real. Ela dita moda, costumes e influência muito na educação social das pessoas. O cuidado em abordar temas complexos existe, e muito. Trazer outras culturas ao conhecimento do povo é instruir. Debater fatos do cotidiano, preferências sexuais, preconceitos, ajuda a abrir a mente das pessoas para coisas que existem na realidade. Esse é o papel da telenovela eu acho: instruir e distrair.

 

 

 

 

Jéfferson Balbino:     Como surgiu o convite pra você atuar na maravilhosa minissérie “A Casa das Sete Mulheres” (TV Globo/2003)?

 

 

Blota Filho: Foi apenas uma participação fazendo o Mario Alves, mas que me enche de orgulho em ter feito parte de um produto tão bem feito.

 

 

Jéfferson Balbino:     Você também atuou nos programas: “A Diarista” (TV Globo/2005), “Minha Nada Mole Vida” (TV Globo/2005), “Linha Direta Justiça” (TV Globo/2005), “Por Toda Minha Vida” (TV Globo/2006), “Casos e Acasos” (TV Globo/2008) e “A Vida Alheia” (TV Globo/2010). Como você se prepara pra essas participações rápidas? Chega a ter apego ao personagem?

 

 

Blota Filho: É bem difícil você pegar o bonde andando. Entrava no meio de uma produção com todos “azeitados”. E tinha que ter o mesmo ritmo deles, não há tempo pra ir esquentado, já tem que vir no mínimo quente pra ferver junto. Apego eu tenho sim, mas somente quando estou dando vida a esses personagens. Quando a obra termina ele fica lá juntos com os outros personagens.

 

 

 

Jéfferson Balbino:     Qual espetáculo teatral foi mais marcante em sua carreira?

 

 

Blota Filho: Não tem o que mais marcou. Mas tem um texto da Mara Carvalho,  o “De Corpo Presente”, que me deu muita alegria em fazer. É denso, cômico, dramático e simples. Foi onde pude exercitar essa arte de ser ator, já que não existem cenários. É um dos melhores textos que já tive a oportunidade de viver.

 

 

Jéfferson Balbino:     E que lembranças você tem do Haroldo, seu personagem na novela “América” (TV Globo/2005)?

 

 

Blota Filho: Esta aí o que te disse. Entrei no meio do jogo e tinha que marcar um gol. Foi um convite para três cenas que virou 4 meses de novela e com uma trama. Novela é obra aberta na maioria das vezes e se cai no gosto do público você cresce. As lembranças do Haroldo são as mais queridas. Trabalhei com atores que amo e que hoje são amigos queridos.

 

 

Jéfferson Balbino:     Em 2006, você interpretou o Dr. Otto em “Malhação” (TV Globo). Como foi trabalhar com a nova geração de atores?

 

 

Blota Filho: Gosto muito de “Malhação”. É ali que se vê quem tem ou não talento pra seguir nessa carreira. É ali que eu vejo que mesmo tendo a juventude e um rosto lindo se você não tem talento não dura nada. O bom de trabalhar com a nova geração é de aprender com eles. Com o frescor da idade e da criação. É ver a responsabilidade em alguns. 



Escrito por jéfferson às 20h00
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com BLOTA FILHO

 

 

 

 

Jéfferson Balbino:     Você também participou da novela “Cidadão Brasileiro” (Rede Record/2006). O que você destacaria do texto do Lauro César Muniz?

 

 

Blota Filho: A facilidade de falar esse texto. O Lauro César Muniz escreve pra boca do ator, e uma novela de época sempre traz no pacote as dificuldades da fala da época. Lauro faz disso um atributo pra auxiliar o ator sempre. Gênio né?!

 

 

Jéfferson Balbino:     Na Record você ainda atuou na novela “Vidas Opostas” (2007) que tinha uma temática inovadora ao ser ambientada numa favela. Como foi fazer parte desse bem sucedido projeto?

 

 

Blota Filho: Acho que essa foi à primeira novela feita para o público masculino. Também entrei no meio de tudo e fiquei até o fim. Era delicioso ouvir na feira, no mercado lá no Rio os homens discutindo sobre a novela, sobre os personagens. Não havia tantas tramas para o universo feminino. O Marcilio [Moraes] conseguiu o inusitado e teve o sucesso merecido sobre isso.

 

 

Jéfferson Balbino:     Certa vez eu vi uma entrevista sua onde você dizia que a novela “A Viagem” (TV Tupi/1975) foi especial pra você devido ao espiritismo e a sua mãe. Se você pudesse interpretar um personagem dessa inesquecível novela qual escolheria?

 

 

Blota Filho: Ah o Alexandre lógico. Vilão sempre te dá mais oportunidade de criação né?!

 

 

Haroldo

 

 

Jéfferson Balbino:     Como foi contracenar com a maravilhosa atriz Maitê Proença na novela “Caminho das Índias” (TV Globo/2009)?

 

 

Blota Filho: Tive como esposa a mulher mais linda que eu já vi que é a Maitê Proença, que tem uma generosidade e inteligência. E ainda fiz parte do elenco da melhor novela do mundo, sabe o que isso. Poxa é de sorrir de orelha a orelha.

Foi o que te falei a mulher mais linda da TV, mais inteligente e generosa. Fiquei sabendo que ela seria minha esposa pelos jornais cariocas. E a conheci na hora da nossa primeira cena. Lembro que fui até o set, uma igreja, e falei pra ela: “Oi Maitê, sou o Blota Filho e sou teu marido” (risos).

 

Jéfferson Balbino: Você também está no elenco da nova novela do SBT, “Corações Feridos” (2012). O que o público pode esperar do Hélio, seu personagem na trama?

 

 

Blota Filho: Um homem franco, integro, apaixonado pela Lucy, um amor do passado. Um homem romântico fino educado e rico.

 

 

Jéfferson Balbino: O fato de essa novela ter sido gravada em 2010 e engavetada pela emissora te desagradou?

 

 

Blota Filho: Olha não posso dizer que não. Lógico que eu como a maioria do elenco gostaria de ter visto o produto no ar. Mas também não posso dizer que nada contra o SBT. Fui pago por 4 meses para gravar uma novela. Eles me pagaram em dia, gravei e o produto e, é deles, colocam no ar se quiserem e isso ocorreu no último dia 16 de janeiro.

 

 

Jéfferson Balbino: Você é a prova viva que a carreira de ator é muito árdua. Que dica você deixa pra quem almeja seguir a carreira artística? O ator que deseja ingressar na TV deve mesmo residir no eixo Rio-São Paulo?

 

 

Blota Filho: O ator que quer ingressar na carreira, independente de Teatro, TV ou Cinema. Deve ter humildade, e paciência por que a competição muitas vezes é desleal. Você vai ter que saber lidar com os artistas instantâneos que saem dos reality-show’s. Então, seja você mesmo. Chegue aonde chegar e nunca se esqueça de onde saiu e do que passou pra chegar lá. Use isso a seu favor e não para humilhar ninguém. Seja grato por tudo que vem em sua direção de bom e de não tão bom.

 

 

Jéfferson Balbino: Qual foi a melhor novela que você já assistiu?

 

 

Blota Filho: “Mulheres de Areia”, tanto a versão da TV Tupi, quanto a versão da Globo. “Vale Tudo” que foi um marco. “Caminho das Índia”- lógico. “Que Rei Sou Eu?”, “Guerra dos Sexos”, e “Os Imigrantes”.

 

 

Jéfferson Balbino: Querido, quero agradecê-lo por conceder essa entrevista. Foi uma honra ter você aqui “No Mundo dos Famosos”. Muito mais sucesso, e que esse de 2012 seja repleto de alegrias e realizações em sua vida. Um grande abraço!

 

 

Blota Filho: Jéfferson, quem agradece o carinho sou, e que 2012 seja um ano de se aplaudir em pé em todas as áreas. Beijão no coração galerinha...

 



Escrito por jéfferson às 19h46
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

OUTRAS ENTREVISTAS (por ordem de publicação)


1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19 - EDWIN LUISI (ator)

20 - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21 - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22 - WALTHER NEGRÃO (autor de novelas)

23 - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24 - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25 - MATEUS CARRIERI (ator)

26 - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27 - TAMARA TAXMAN (atriz)

28 - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29 - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30 - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31 - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32 - ROSANE GOFMAN (atriz)

33 - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novelas)

34 - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35 - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36 - INGRA LIBERATO (atriz)

37 - JOÃO CAMARGO (ator)

38 - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39 - DÉO GARCEZ (ator)

40 - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41 - BETH GOULART (atriz)

42 - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43 - VANESSA GOULARTT (atriz)

44 - DENISE EMMER (escritora)

45 - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46 - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)

47 - LEONA CAVALLI (atriz)

48 - AZIZ BAJUR (dramaturgo)

49 - FÁTIMA FREIRE (atriz)

50 - VIVIAN DE OLIVEIRA (autora de novelas)

51 - JÉFFERSON BALBINO (blogueiro)

52 - SILVIO DE ABREU (autor de novelas)

53 - PEDRO NESCHLING (ator)

54 - JORGE BRASIL (jornalista)

55 - NORMA BLUM (atriz)

56 - DENISE DEL VECCHIO (atriz)

57 - RODRIGO ANDRADE (ator)

58 - LUCINHA LINS (atriz)

59 - CLAUDIO LINS (ator)

60 - NARJARA TURETTA (atriz)

61 - CLAUDINO MAYER (escritor/pesquisador em teledramaturgia)

62 - ANDRÉ FRATESCHI (ator)

63 - TUNA DWEK (atriz/escritora)

64 - TÂNIA BONDEZAN (atriz)

65 - GERALDO CARNEIRO (autor de novelas)

66 - ROSAMARIA MURTINHO (atriz)

67 - VINCENT VILLARI (autor de novelas)

68 - TÁSSIA CAMARGO (atriz)

69 - YVES DUMONT (autor de novelas)

70 - ANDRÉ DI MAURO (ator)

71 - HERSCH W. BASBAUM (escritor e dramaturgo)

72 - ELIANA GUTTMAN (atriz)

73 - RENATO MODESTO (ator, escritor, dramaturgo e novelista)

74 - FAFY SIQUEIRA (atriz, cantora, humorista e compositora)

75 - CACÁ DIEGUES (cineasta)

76 - CLARISSE ABUJAMRA (atriz)

77 - BLOTA FILHO (ator)

 

 HISTÓRIAS DE NOVELISTAS

 

LAURO CÉSAR MUNIZ

 

SESSÃO ESPECIAL

 

Aniversário da autora MARIA ADELAIDE AMARAL

Jéfferson Balbino conversa com o ator LIMA DUARTE

Jéfferson Balbino conversa com a atriz REGINA DUARTE

CHIQUINHA GONZAGA

 

 



Escrito por jéfferson às 19h41
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próximo Entrevistado: MÁRCIO KIELING

Dia 05 de Fevereiro

Meu Entrevistado Especial é o jovem e talentoso ator MÁRCIO KIELING

Não Perca!



Escrito por jéfferson às 19h31
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010