Entrevista Especial com LEONARDO BRÍCIO

 

Photobucket

 

 

A 90 ª “Entrevista Especial” do “No Mundo dos Famosos” é com um dos maiores e melhores atores de sua geração. Abandonou a faculdade de Desenho Industrial pra entrar no Tablado, da inesquecível Maria Clara Machado, onde não apenas cursou Teatro, mas sim, fez sua escola de vida. Na teledramaturgia brasileira ele fez trabalhos memoráveis como o Enrico da novela “O Rei do Gado”, o Ricardo de “Anjo Mau”, o Tiago Olinto da minissérie “A Muralha”, o Pedro da novela “Chamas da Vida” e agora o Rei Davi, da minissérie homônima da Record. Enfim, o meu entrevistado mais que especial é dono de um talento imensurável e que todos nós reverenciamos. Com muito orgulho e extremamente honrado minha entrevista de hoje é com o grande LEONARDO BRÍCIO.


“Quando escolhi essa profissão, era muito mais ralação do que glamour, acho que a TV ajudou a aumentar isso, sem esquecer, é claro, de Hollywood, sempre compramos muitos os modelos vindos de fora, acho que esse glamour vem bastante dai. Mas quando entramos na profissão nos deparamos com uma realidade muito diferente dessa fantasia que as pessoas fazem, o dia a dia da profissão é muito duro, nada glamourizado.”

(Leonardo Brício)

 

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Quando e como você descobriu sua vocação artística?

Leonardo Brício: A Vocação artística eu percebi desde muito novo, gostava de desenhar, e também de fazer esquetes nas festas de Natal, onde a família se reunia e eu e uma prima mais velha, encenávamos cenas satirizando nossa própria família, eu apesar de muito tímido, sentia a necessidade de me comunicar dessa maneira. Mais tarde entrei na faculdade de Belas Artes na UFRJ e cursei Desenho Industrial, mas não completei, naquela época já fazia teatro amador, dai sai da faculdade e entrei no Tablado.

 

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Você estudou no Teatro Tablado com a grande Maria Clara Machado. Como foi sua convivência com essa ícone da dramaturgia brasileira?

Leonardo Brício: A Maria Clara era minha mãezona no teatro, assim ela me considerou depois que minha mãe morreu, ela me abraçou e disse: “Venha cá me dá um abraço nessa sua mãe do teatro...”. E, foi assim nos anos que pude conviver com a sua generosidade e simplicidade, era uma pessoa iluminada, eu fui dirigido por ela algumas vezes, fiz várias peças de sua autoria, o Tablado foi minha verdadeira escola da vida, lá aprendi e entrei verdadeiramente no teatro e aprendi tudo que podia dentro e fora de cena, lá varríamos o palco, subíamos os cenários, ajudava na luz, fazíamos tudo para uma montagem acontecer, e até hoje é como se fosse minha segunda casa.

Photobucket


Jéfferson Balbino: Nas novelas: “Tieta” (TV Globo/1989), “Renascer” (TV Globo/1993) e “O Rei do Gado” (TV Globo/1996) você atuou apenas na primeira fase de cada trama. Como foi a sensação de ter que deixar o elenco antes do final? Chegou a ter apego aos personagens que interpretou nas referidas novelas?

Leonardo Brício: No começo na Globo foi assim, fazia o filé, sempre o começo era muito especial, com um cuidado absurdo, mas é claro que sentia uma dorzinha por só fazer parte do começo, dava uma sensação de abandono, mas logo vinha outro trabalho e essa sensação acabava. Desses o mais difícil foi abandonar o Enrico, foi muito especial.

Photobucket


Jéfferson Balbino: Em sua opinião, porque a profissão de ator ficou tão glamourizada de uns tempos pra cá?

Leonardo Brício: Quando escolhi essa profissão, era muito mais ralação do que glamour, acho que a TV ajudou a aumentar isso, sem esquecer, é claro, de Hollywood, sempre compramos muitos os modelos vindos de fora, acho que esse glamour vem bastante dai. Mas quando entramos na profissão nos deparamos com uma realidade muito diferente dessa fantasia que as pessoas fazem, o dia a dia da profissão é muito duro, nada glamourizado.

Photobucket


Jéfferson Balbino: Você também atuou na extinta Rede Manchete com os trabalhos: “Na Rede de Intrigas” (1990), “O Guarani” (1991) e em “Filhos do Sol” (1991). Como foi trabalhar na teledramaturgia da extinta emissora?

Leonardo Brício: Foi delicioso começar fazendo personagens importantes como o Peri de “O Guarani”, e o Tonho em "Na Rede de Intrigas" na Manchete, era uma emissora maravilhosa de se trabalhar, o clima era amigável, era tudo de bom, pena que acabou.

Jéfferson Balbino: Como surgiu o convite pra você atuar na novela “Éramos Seis” (SBT/1994)?

Leonardo Brício: O convite para “Éramos Seis” surgiu, depois de ter feito “Renascer”, o Fernando Rancoleta era chefe do departamento de elenco do SBT e me ligou querendo me conhecer, fechamos um contrato pela obra, que me orgulho muito de ter feito, foi um feito enorme, a novela tinha índices de audiência raros para a emissora, foi um sucesso.

Jéfferson Balbino: Em 1997, você deu vida ao sedutor Ricardo no remake de “Anjo Mau” (TV Globo). Você chegou a assistir a versão original ou dialogar com o ator Luis Gustavo que interpretou o mesmo personagem na versão de 1976 para compor o personagem?

Leonardo Brício: Eu assisti a primeira versão de “Anjo Mau”, adorei, mas quando fui convidado para fazer o Ricardo, preferi não ver mais nada e fazer meu próprio Ricardo, com toques meus e não de quem já tinha feito, mesmo sendo Luiz Gustavo sendo quem é, preferi seguir minhas intuições. Foi outro trabalho que me deu muito prazer, e foi também um grande sucesso do horário das seis e muitos falavam na época que era para estarmos no horário nobre com aquela novela.

 

Photobucket


Jéfferson Balbino: Como foi ser dirigido pelo grande Daniel Filho na série “A Justiceira” (TV Globo/1997)?

Leonardo Brício: Daniel Filho, sem babação de ovo, é um dos maiores diretores de TV desse país, meu encontro com ele foi super produtivo, ele tinha a fama de durão, mas comigo foi um gentleman, tenho muito carinho por Daniel, nunca mais trabalhamos juntos, mas sei que ele foi um dos maiores responsáveis pela qualidade da Globo, a TV deve muito a esse homem, esse artista.

 



Escrito por jéfferson às 16h27
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com LEONARDO BRÍCIO

 

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Que lembranças você tem do Juliano Mourão, seu personagem na novela “Meu Bem Querer” (TV Globo/1998)?

Leonardo Brício: Juliano talvez tenha sido meu melhor personagem, ou um dos, Ricardo Linhares o autor, escreveu um personagem riquíssimo, cheio de conflitos internos, eu adorei fazer o Juliano, personagem intenso, tanto que terminava a trama achando que era um profeta e que salvaria a humanidade, muito doido (risos).

Jéfferson Balbino: Como foi interpretar Tiago Olinto na maravilhosa minissérie “A Muralha” (TV Globo/2000)?

Leonardo Brício: Tiago Olinto foi junto com Enrico e o Ricardo de “Anjo Mau”, o personagem que mais tive prazer de fazer, a Denise Saraceni me deu um presente enorme, é um personagem que até hoje comentam comigo, foi muito marcante fazer um personagem, em uma época tão remota, talvez tenha sido uma preparação para mais tarde, ou melhor, hoje, ter vivido Davi na minissérie “Rei Davi”.

Jéfferson Balbino: Você que é ator e diretor de teatro como vê a atual fase do Teatro brasileiro?

Leonardo Brício: Acho que o teatro  está numa fase boa, o governo tem visto que é necessário investir, fico só na dúvida quando vejo uma enxurrada de monólogos e os poucos prêmios de teatro que existem, normalmente os atores que ganham os prêmios, estão fazendo monólogos, será que um dia só veremos monólogos? Numa sociedade tão solitária, vejo com temor essa tendência, mas o teatro é maior e as peças onde o conjunto é importante sempre existirão, isso é que vale.

 

Photobucket


Jéfferson Balbino: Na novela “Porto dos Milagres” (TV Globo/2001), você era filho dos atores Antônio Fagundes (Félix Guerrero) e Cássia Kiss (Adma Guerrero). Como era nos bastidores sua convivência com esses ‘monstros sagrados’ da teledramaturgia brasileira?

Leonardo Brício: Eu sou completamente fã desses dois monstros sagrados, em “Porto dos Milagres”, além de fazer filho deles, fazíamos uma peça que rodava o Brasil (Últimas Luas) e eu também fazia filho deles, o tempo passou, mas ainda me sinto filho postiço dos dois, tenho os dois como grandes amigos na minha vida, são ligações eternas.

Jéfferson Balbino: O que você destacaria do seu trabalho na novela “Da Cor do Pecado” (TV Globo/2004)?

Leonardo Brício: “Da Cor do Pecado”, foi uma novela deliciosa, eu diria que fui do céu ao inferno, estava no céu quando gravava com minha família (Família Sardinha), com o Giane [Reynaldo Giacchine] meu irmão na trama, era um humor novo na TV, depois fui ao inferno, pois meu personagem perdeu a sentido e o personagem foi sumindo, no início me perguntava se era minha culpa, mas acho que acontece, o João  Emanuel, estava despontando como o autor criativo que tem demonstrado ser até hoje, mas em relação ao meu trabalho, acho que não devo ter agradado tanto o autor, no fim me senti um pouco frustrado, mas isso faz parte da profissão.

 

Photobucket


Jéfferson Balbino: Assim como muitos críticos alegam você também acha que a novela brasileira precisa ser renovada?

Leonardo Brício: Renovação sempre! Repetir antigos padrões não resulta mais, acho essa renovação necessária com esses autores novos surgindo. Amei a novela "Cordel Encantado", acho que renovar é por ai.

Jéfferson Balbino: Como foi trabalhar com o nosso querido e competente Lauro César Muniz na novela “Cidadão Brasileiro” (Rede Record/2006)?

Leonardo Brício: Lauro César Muniz é um craque. "Cidadão Brasileiro" foi uma novela muito difícil de fazer, houve mudanças radicais no meio da novela, trabalhávamos com pouca frente de capítulos e foi muito duro fazer.

Jéfferson Balbino: Os diretores são sempre a autoridade máxima no set de gravação, você que além de ator é também diretor, como acha que deve ser a relação ator e diretor?

Leonardo Brício: Acredito que a relação artística tem que fluir entre o diretor e o ator, o trabalho tem que ser em conjunto, não gosto de diretores que impõem suas ideias e não deixam margem para o ator criar, diretor que faz trabalho em casa e chega no set de gravação com tudo pronto e marca os atores simplesmente para a cena que ele idealizou, não joga com o que sabemos do personagem, eu não curto. Tem uma fase do trabalho, que quem mais sabe do personagem é você, e o diretor que não entende isso e não respeita a opinião do ator, vai se transformar em diretor de imagens, mas as cenas não terão alma.

Jéfferson Balbino: Como você trabalhou o perfil psicológico do Agenor, seu personagem na novela “Luz do Sol” (Rede Record/2007)?

Leonardo Brício: O Agenor era misterioso, tinha segredos guardados, era um homem bom, mas rude, um erro no passado tinha marcado esse homem e endurecido cada vez mais ele, foi assim que pensei e construí o Agenor, um pescador que guardava segredos.

 



Escrito por jéfferson às 16h24
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com LEONARDO BRÍCIO

 

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Você fez algum tipo de laboratório para interpretar o bombeiro Pedro, protagonista da novela “Chamas da Vida” (Rede Record/2008)?

Leonardo Brício: Fizemos vários laboratórios para compor o Pedro, convivia com bombeiros verdadeiros, me espelhava muito neles, cheguei a dormir no quartel para viver melhor o Pedro.

Jéfferson Balbino: Atualmente você é o protagonista da minissérie da Record, “Rei Davi” (2012). O que você pode nos adiantar sobre a reta final dessa belíssima minissérie que infelizmente chega ao fim nessa semana?

Leonardo Brício: Podem esperar muitas emoções nessa fase final, muitas coisas acontecem em poucos capítulos, os filhos do meu personagem vão crescer e trazer muitas alegrias e principalmente tristezas, muito drama pela frente, não percam.

 

Photobucket


Jéfferson Balbino: E que avaliação você faz do texto da nossa querida Vivian de Oliveira, autora da minissérie?

Leonardo Brício: Sobre o texto da Vivian, eu gosto bastante, sei que deve ter sido uma tarefa dificílima adaptar uma história tão complexa, ela teve que optar em encurtar alguns percursos e acho que ela foi bem feliz na conclusão, ela conseguiu amarrar e ligar todas as tramas fazendo com que todos os capítulos ficassem interessantes ao público.

Jéfferson Balbino: Na minissérie, com exceção do seu, qual você considera o melhor personagem?

Leonardo Brício: Eu sou fã e muito amigo do Gracindo Junior então acho que ele fez um trabalho deslumbrante, com seu personagem, digno de um verdadeiro rei.

Jéfferson Balbino: Que dica você deixa pra quem almeja seguir a carreira de ator?

Leonardo Brício: A dica é não ter pressa de entrar logo no mercado de trabalho, estudem, se aprimorem e estejam mais preparados quando forem entrar no mercado, tem muito jovem que começou a estudar ontem e já está procurando trabalho, muita calma nessa hora, essa profissão é longa e não se deve correr e pular etapas, então estude!

Jéfferson Balbino: Quais foram às melhores novelas que você assistiu?

Leonardo Brício: Uma das melhores novelas de todos os tempos pra mim foi "Renascer", mas falando das antigas, a primeira versão de "Selva de Pedra", as do Gilberto Braga como: "Vale Tudo” e “Paraíso Tropical", sem esquecer de "Gabriela", um marco também.

Jéfferson Balbino: Leonardo, muitíssimo obrigado por conceder essa entrevista ao “No Mundo dos Famosos”, foi um prazer enorme ter você aqui. Saiba que sempre admirei muito seu primoroso trabalho. Muito sucesso sempre e um grande abraço!

Leonardo Brício: Jéfferson, bom trabalho e obrigado pelo carinho e pelos elogios. Valeu! Grande Abraço.

 

Photobucket


Entrevista publicada em 02/05/2012 em www.nomundodosfamosos.com.br

 



Escrito por jéfferson às 16h20
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

OUTRAS ENTREVISTAS

 

(POR ORDEM DE PUBLICAÇÃO)

 

1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19 - EDWIN LUISI (ator)

20 - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21 - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22 - WALTHER NEGRÃO (autor de novelas)

23 - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24 - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25 - MATEUS CARRIERI (ator)

26 - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27 - TAMARA TAXMAN (atriz)

28 - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29 - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30 - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31 - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32 - ROSANE GOFMAN (atriz)

33 - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novelas)

34 - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35 - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36 - INGRA LIBERATO (atriz)

37 - JOÃO CAMARGO (ator)

38 - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39 - DÉO GARCEZ (ator)

40 - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41 - BETH GOULART (atriz)

42 - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43 - VANESSA GOULARTT (atriz)

44 - DENISE EMMER (escritora)

45 - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46 - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)

47 - LEONA CAVALLI (atriz)

48 - AZIZ BAJUR (dramaturgo)

49 - FÁTIMA FREIRE (atriz)

50 - VIVIAN DE OLIVEIRA (autora de novelas)

51 - JÉFFERSON BALBINO (blogueiro)

52 - SILVIO DE ABREU (autor de novelas)

53 - PEDRO NESCHLING (ator)

54 - JORGE BRASIL (jornalista)

55 - NORMA BLUM (atriz)

56 - DENISE DEL VECCHIO (atriz)

57 - RODRIGO ANDRADE (ator)

58 - LUCINHA LINS (atriz)

59 - CLAUDIO LINS (ator)

60 - NARJARA TURETTA (atriz)

61 - CLAUDINO MAYER (escritor/pesquisador em teledramaturgia)

62 - ANDRÉ FRATESCHI (ator)

63 - TUNA DWEK (atriz/escritora)

64 - TÂNIA BONDEZAN (atriz)

65 - GERALDO CARNEIRO (autor de novelas)

66 - ROSAMARIA MURTINHO (atriz)

67 - VINCENT VILLARI (autor de novelas)

68 - TÁSSIA CAMARGO (atriz)

69 - YVES DUMONT (autor de novelas)

70 - ANDRÉ DI MAURO (ator)

71 - HERSCH W. BASBAUM (escritor e dramaturgo)

72 - ELIANA GUTTMAN (atriz)

73 - RENATO MODESTO (ator, escritor, dramaturgo e novelista)

74 - FAFY SIQUEIRA (atriz, cantora, humorista e compositora)

75 - CACÁ DIEGUES (cineasta)

76 - CLARISSE ABUJAMRA (atriz)

77 - BLOTA FILHO (ator)

78 - MÁRCIO KIELING (ator)

79 - REJANE ARRUDA (atriz e Doutoranda em Artes Cênicas

80 - LUCIANA BRAGA (atriz)

81 - JÚLIO FISCHER (novelista e dramaturgo)

82 - ELIZABETH JHIN (autora de novelas)

83 - NEUSA MARIA FARO (atriz)

84 - AGUINALDO SILVA (autor de novelas)

85 - JOÃO VITTI (ator)

86 - CLÉO VENTURA (atriz)

87 - SUZY RÊGO (atriz)

88 - BEMVINDO SEQUEIRA (ator)

89 - EDSON SPINELLO (diretor)

90 - LEONARDO BRÍCIO (ator)

 

www.nomundodosfamosos.com.br



Escrito por jéfferson às 16h19
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próxima Entrevistada: FABÍOLA REIPERT

Semana que vem...

A nossa "Entrevista Especial" é com a jornalista FABÍOLA REIPERT

Aguarde!



Escrito por jéfferson às 16h12
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010