Entrevista Especial com GLÓRIA PEREZ

212086

 

Hoje estreia a nova novela das nove da TV Globo, “Salve Jorge”. E por isso trago a vocês internautas do site “No Mundo dos Famosos” uma grande entrevistada. Ela começou a carreira de novelista ao lado da inesquecível e insubstituível Janete Clair, e provou a todos que se tornou uma ótima discípula da usineira dos sonhos... Afinal, assim como sua mestra, ela também marcou a vida dos brasileiros com suas envolventes novelas que além de nos emocionar e nos divertir, tem o poder de nos fazer refletir sobre os problemas sociais que estão a nossa volta. E foi isso que ela fez em todas as novelas que escreveu, como: “Barriga de Aluguel”, que discutia questões cientificas e os limites éticos da inseminação artificial; “De Corpo e Alma”, que retratou com veemência a dura realidade que envolve os transplantes de órgãos no Brasil; “Explode Coração”, que foi uma inovação na história da teledramaturgia brasileira ao unir ficção e realidade ao abordar o desaparecimento de crianças e a exploração do trabalho infantil; “O Clone”, que além de esclarecer sobre o mítico tema da clonagem humana, ainda mobilizou o Brasil numa campanha antidrogas; “América”, que retratou diversos temas relevantes como: deficiência visual, imigração ilegal e cleptomania e “Caminho das Índias que além de retratar as peculiaridades da cultura indiana, tornou-se a primeira telenovela brasileira a ganhar o Emmy International Awards, que é o Oscar da TV. E agora em “Salve Jorge” essa conceituada novelista vai falar sobre fé e tráfico de pessoas, numa história instigante que será ambientada no Morro do Alemão, favela no Rio de Janeiro e em Capadócia, na Turquia, local onde o santo São Jorge nasceu. Com muita honra a nossa entrevistada super especial de hoje é a grande dama da teledramaturgia brasileira, a autora de novelas GLÓRIA PEREZ.

 

“Penso que contribui com algumas histórias e personagens que ficaram na memória e no imaginário popular. E inovei trazendo o jornalismo para a ficção, o mundo real para o ficcional, com os depoimentos de pessoas reais que se ligavam organicamente à trama; e também quando investi em tramas que abordavam graves problemas sociais como doação de órgãos, crianças desaparecidas, doenças mentais, dependência química, etc. Esse tipo de abordagem acabou resultando em consequências praticas, e daí surgiu essa ideia de "merchandising social", que hoje está institucionalizado na teledramaturgia brasileira”.

(Glória Perez)

 

Jéfferson Balbino: Quando e como você descobriu sua vocação como escritora?

 

Glória Perez: Desde muito cedo. Fui àquela criança que gostava de ouvir histórias, de ler histórias e de contar histórias.

 

Jéfferson Balbino: Assim como eu, você também é formada em História. O que essa graduação contribui na sua carreira de novelista?

 

Glória Perez: Na visão de mundo mesmo. Na compreensão do ser humano enquanto passageiro no espaço e no tempo. A formação em História tira você dos limites do seu próprio umbigo: o mundo é maior do que nós achamos e existem outras formas de viver e de pensar que não são "exóticas": são diferentes: nem melhores nem piores, apenas diferentes.

 Photobucket

Jéfferson Balbino: Recentemente eu entrevistei o seu colega Aguinaldo Silva e ele me fez a seguinte alegação: “Daqui a 100 anos, se alguém quiser saber como era o Brasil do século XX e desse começo do XXI só terá que fazer uma coisa: ver novelas. Elas traçaram um retrato completo desse país como ninguém mais o fez, incluindo aqui os acadêmicos e historiadores. A telenovela foi, é (será?) de uma importância transcendental para o auto-reconhecimento dessa nação chamada Brasil. Quem negar isso estará sendo desonesto.”. Você, na condição de historiadora e novelista, qual é a importância da teledramaturgia brasileira na História do Brasil?

Glória Perez: Concordo com o Aguinaldo. Penso que as novelas tem feito à crônica do cotidiano brasileiro, da mesma forma que Hollywood fez a crônica da vida do americano.

212082

Jéfferson Balbino: Sua estreia na teledramaturgia brasileira ocorreu como colaboradora da grande e inesquecível novelista Janete Clair na novela “Eu Prometo” (TV Globo/1983). Houve alguma dificuldade em estrear como novelista numa situação tão delicada como no caso dessa novela em que a autora titular se encontrava debilitada e que posteriormente veio a falecer antes do desfecho final da trama?

Glória Perez: Com certeza! Tivemos uma convivência muito íntima, muito próxima. Janete foi minha mestra, minha amiga. Uma pessoa extremamente generosa e apaixonada pelo que fazia. Me ensinou tudo. Não foi fácil perde-la!

 Photobucket

Jéfferson Balbino: Antes de colaborar na novela “Eu Prometo” você chegou a escrever um episódio para a série “Malu Mulher” (TV Globo/1979). Porque esse episódio nunca chegou a ser gravado?

Glória Perez: Não chegou sequer a ser lido. Era aquele trabalho de iniciante, a gente bate nas portas com ele embaixo do braço, mas ninguém dá ouvidos. Quem leu foi a Janete, e foi por ele que ela me escolheu!



Escrito por jéfferson às 22h04
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com GLÓRIA PEREZ

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Sua primeira novela como autora-títular foi “Partido Alto” (TV Globo/1984), onde você dividiu a autoria com o autor Aguinaldo Silva. Porque não deu certo a parceria de vocês?

Glória Perez: Antes de mais nada, porque a gente não se conhecia, nos apresentamos no elevador, subindo pra sala do Boni, onde seríamos casados para fazer a novela, imagine! E os nossos métodos de trabalho são muito diferentes, o Aguinaldo é mais organizado, planeja os acontecimentos, e eu só sei no improviso. E tínhamos a insegurança dos estreantes: ele já tinha um trabalho na TV, mas não em novelas.

Por todas essas coisas juntas, as diferenças pesaram mais do que as afinidades. Mas eu quero desfazer essa lenda de uma vez por todas: tenho grande admiração pelo Aguinaldo, e aplaudo seu sucesso. 

 

Jéfferson Balbino: Como surgiu a ideia de escrever a polêmica novela “Carmem” (Rede Manchete/1987)?

Glória Perez: o foi minha ideia, quando fui para a Manchete eu queria levar “Barriga de Aluguel”, que estava engavetada na Globo. Não liberaram. O [José] Wilker, que na época dirigia a dramaturgia, tinha o projeto de fazer “Carmem”.

Photobucket

Jéfferson Balbino: Glória, sacia uma curiosidade de nossos internautas, você grava os capítulos de suas novelas? Se sim, chega a assistir posteriormente? E, em relação aos scripts você imprime e arquiva?

Glória Perez: Assisto todo dia, porque isso faz parte do nosso trabalho. Se vou sair aquela noite, gravo e vejo na volta.

Jéfferson Balbino: Atualmente sua novela “Barriga de Aluguel” (TV Globo/1990), está sendo reprisada pelo Canal Viva. Você vem acompanhando a reprise? Como está rever um trabalho seu vinte e dois anos depois?

Glória Perez: É muito emocionante rever e constatar como ela é atual ainda, no texto e na direção.

Jéfferson Balbino: Como foi trabalhar com o saudoso ator Mário Lago na sua novela “De Corpo e Alma” (TV Globo/1992)?

 

Glória Perez: Mário Lago era o meu "pé de coelho". Não faltava em trabalho meu, ainda que como participação. Além de grande ator, era um ser humano admirável.

Photobucket 

 

Jéfferson Balbino: Atualmente as novelas não conseguem mais registrar aquela imensa audiência que conquistava antigamente. Você acredita que esse fato possa ser um indício de crise na teledramaturgia?

 

Glória Perez: Não, apenas as pessoas hoje assistem as novelas também em outras mídias que não são computadas ainda: computadores, tablets, celulares… Não vejo crise nenhuma na dramaturgia muito pelo contrário: as pessoas estão consumindo cada vez mais dramaturgia: além das novelas, a quantidade de séries americanas está aí para comprovar.

 

Jéfferson Balbino: Como foi seu trabalho de pesquisa pra retratar com tamanha perfeição a cultura cigana na novela “Explode Coração” (TV Globo/1995)?

Glória Perez: Meus métodos são antropológicos: convivo com as pessoas, preciso chegar perto para sentir, captar sua visão de mundo. Na época de “Explode Coração” eu tinha conhecido uma cigana como a Dara: uma garota moderna, estudante da PUC, que estava sendo pressionada a se casar com um homem que nunca havia visto (morava na Polônia, inclusive), a quem ela havia sido prometida em criança. 

 Photobucket

Jéfferson Balbino: Você ainda escreveu as marcantes minisséries: “Desejo” (TV Globo/1990), “Hilda Furacão” (TV Globo/1998) e “Amazônia – De Galvez a Chico Mendes” (TV Globo/2007). Você acredita que as minisséries, por serem um produto televisivo de alta qualidade, deformaram um pouco a telenovela, tornando seu público mais exigente?

Glória Perez: Não. São dois formatos inteiramente diferentes: novela é folhetim, minissérie não. Tenho observado, inclusive, que as séries americanas de um tempo pra cá estão incorporando características de folhetim: de inicio você curtia as personagens e cada episódio fechava uma situação. Veja que agora não: algumas situações se fecham, e as histórias principais atravessam mais que capítulos – temporadas!

Photobucket

Jéfferson Balbino: Que avaliação você faz do trabalho dos atores: Eduardo Moscovis e Carolina Ferraz como protagonistas do remake de “Pecado Capital” (TV Globo/1998)?

 

Glória Perez: Gostei muito de trabalhar com eles...



Escrito por jéfferson às 22h02
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com GLÓRIA PEREZ

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: A que você atribui o sucesso mundial que sua novela “O Clone” (TV Globo/2001) ocasionou?

 

Glória Perez: Ao fato de ser uma boa novela, que aborda um tema muito moderno, muito instigante - a clonagem humana - e elementos que fazem parte do imaginário popular.

Photobucket

Jéfferson Balbino: Geralmente como acontece o processo de criação das sinopses de suas novelas? Quanto tempo dura pra ficar pronta uma sinopse?

 

Glória Perez: Varia muito. Eu diria que, mais ou menos, um mês.

 Photobucket

Jéfferson Balbino: Você é a única novelista que abre mão de colaboradores em suas novelas, escreve suas tramas sozinha, um fato heroico e muito admirável de sua parte – diga-se de passagem. Chega a ser exaustivo pra você desenvolver os diálogos de vários personagens, de núcleos diferentes?

 

Glória Perez: Acho mais fácil Jéfferson... Dividir fantasia é que complica.

 

Jéfferson Balbino: Em Junho/2012 eu entrevistei o ator Raul Gazolla, onde eu o questionei como foi trabalhar com você nas novelas: “O Clone” e “América” (TV Globo/2005) e ele me disse: “Foi maravilhoso, a Gloria é especial, não só como autora, mas principalmente como pessoa.”.  E pra você, como foi trabalhar com esse talentoso ator nas citadas novelas?

 

Glória Perez: É sempre muito bom trabalhar com o Raul! Pelo ator que ele é, e pela pessoa muito querida.

 Photobucket

Jéfferson Balbino: Como foi a sensação de vencer o Emmy de Melhor Novela por “Caminho das Índias” (TV Globo/2009)?

 

Glória Perez: Receber o Oscar da televisão foi à coroação do meu empenho, da minha dedicação ao meu trabalho. É isso que você sente.

Photobucket

Jéfferson Balbino: Você é uma escritora intuitiva ou pára pra pensar, pesquisar e traçar os rumos de sua história?

 

Glória Perez: Meio a meio...

Photobucket

 

Jéfferson Balbino: Algumas novelas suas são alvos de controvérsias por apresentarem visões deturpadas e estereotipadas de religiões e países estrangeiros. Como você lida com essas críticas?

 

Glória Perez: Bobagem a gente não leva em conta. Imagine se vou parar pra escutar alguém que acha esquisito que um árabe de novela fale português? Todas as plateias do mundo assistem a queda do império romano inglês: estranho seria se os atores falassem latim! E, é aquela coisa de que falamos lá atrás: pra muita gente, o que existe fora do seu umbigo é o "exótico". Etnocentrismo é um atraso. Eu sou uma cidadã do mundo. Então pra mim é muito simples e natural transitar por outras culturas. É assim que eu enxergo e vivo o meu tempo: estou num mundo globalizado.  Mas entendo que existam janelas mais estreitas, que dão apenas para o seu próprio quintal. 

 

Jéfferson Balbino: O que você acredita ser sua maior contribuição ao longo desses 61 anos de teledramaturgia brasileira?

Glória Perez: Penso que contribui com algumas histórias e personagens que ficaram na memória e no imaginário popular. E inovei trazendo o jornalismo para a ficção, o mundo real para o ficcional, com os depoimentos de pessoas reais que se ligavam organicamente à trama; e também quando investi em tramas que abordavam graves problemas sociais como doação de órgãos, crianças desaparecidas, doenças mentais, dependência química, etc. Esse tipo de abordagem acabou resultando em consequências praticas, e daí surgiu essa ideia de "merchandising social", que hoje está institucionalizado na teledramaturgia brasileira.

Photobucket 


Jéfferson Balbino: Hoje estreia sua nova novela “Salve Jorge” (TV Globo/2012). O que o público pode esperar dessa nova produção?

 

Glória Perez: Minha expectativa é que a novela emocione, faça rir e faça pensar...

 

Jéfferson Balbino: Antes de finalizarmos: Quais foram as melhores novelas que você já assistiu?

 

Glória Perez: É mais justo que vá buscar muito lá atrás, aquelas que ficaram na minha memória, já passaram pelo teste do tempo: “Irmãos Coragem”, da Janete [Clair], “O  Bem-Amado”, do Dias [Gomes], “Beto Rockfeller”, do Cassiano [Gabus Mendes], “A Viagem”, da Ivani Ribeiro, “O Rebu”, do Bráulio Pedroso… tenho certeza que esqueci de alguma...

Jéfferson Balbino: Querida, nem sei como agradecer a você por conceder essa entrevista ao “No Mundo dos Famosos”. Muitíssimo obrigado! Saiba que como bom noveleiro que sou, sempre admirei muito seu primoroso trabalho e por isso lhe agradeceu por nos fazer sonhar, se divertir e emocionar com suas inesquecíveis histórias, parabéns por tudo! Muito mais sucesso e um grande beijo!

 

Glória Perez: Obrigada Jéfferson. Beijos!



Escrito por jéfferson às 21h58
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

OUTRAS ENTREVISTAS

 

 

(por ordem de publicação no site)

 

1ª - NILSON XAVIER (escritor)

2ª - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3ª - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4ª - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5ª - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6ª - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7ª - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8ª - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9ª - DUCA RACHID (autora de novelas)

10ª - ADA CHASELIOV (atriz)

11ª - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12ª - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13ª – ANDRÉ REBELLO (ator)

14ª – KADU MOLITERNO (ator)

15ª - MAURICIO MACHADO (ator)

16ª - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17ª - STELLA FREITAS (atriz)

18ª - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19ª - EDWIN LUISI (ator)

20ª - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21ª - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22ª - WALTHER NEGRÃO (autor de novelas)

23ª - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24ª - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25ª - MATEUS CARRIERI (ator)

26ª - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27ª - TAMARA TAXMAN (atriz)

28ª - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29ª - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30ª - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31ª - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32ª - ROSANE GOFMAN (atriz)

33ª - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novelas)

34ª - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35ª - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36ª - INGRA LIBERATO (atriz)

37ª - JOÃO CAMARGO (ator)

38ª - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39ª - DÉO GARCEZ (ator)

40ª - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41ª - BETH GOULART (atriz)

42ª - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43ª - VANESSA GOULARTT (atriz)

44ª - DENISE EMMER (escritora)

45ª - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46ª - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)

47ª - LEONA CAVALLI (atriz)

48ª - AZIZ BAJUR (dramaturgo)

49ª - FÁTIMA FREIRE (atriz)



Escrito por jéfferson às 21h50
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

50ª - VIVIAN DE OLIVEIRA (autora de novelas)

51ª - JÉFFERSON BALBINO (blogueiro)

52ª - SILVIO DE ABREU (autor de novelas)

53ª - PEDRO NESCHLING (ator)

54ª - JORGE BRASIL (jornalista)

55ª - NORMA BLUM (atriz)

56ª - DENISE DEL VECCHIO (atriz)

57ª - RODRIGO ANDRADE (ator)

58ª - LUCINHA LINS (atriz)

59ª - CLAUDIO LINS (ator)

60ª - NARJARA TURETTA (atriz)

61ª - CLAUDINO MAYER (escritor/pesquisador em teledramaturgia)

62ª - ANDRÉ FRATESCHI (ator)

63ª - TUNA DWEK (atriz/escritora)

64ª - TÂNIA BONDEZAN (atriz)

65ª - GERALDO CARNEIRO (autor de novelas)

66ª - ROSAMARIA MURTINHO (atriz)

67ª - VINCENT VILLARI (autor de novelas)

68ª - TÁSSIA CAMARGO (atriz)

69ª - YVES DUMONT (autor de novelas)

70ª - ANDRÉ DI MAURO (ator)

71ª - HERSCH W. BASBAUM (escritor e dramaturgo)

72ª - ELIANA GUTTMAN (atriz)

73ª - RENATO MODESTO (ator, escritor, dramaturgo e novelista)

74ª - FAFY SIQUEIRA (atriz, cantora, humorista e compositora)

75ª - CACÁ DIEGUES (cineasta)

76ª - CLARISSE ABUJAMRA (atriz)

77ª - BLOTA FILHO (ator)

78ª - MÁRCIO KIELING (ator)

79ª - REJANE ARRUDA (atriz e Doutoranda em Artes Cênicas

80ª - LUCIANA BRAGA (atriz)

81ª - JÚLIO FISCHER (novelista e dramaturgo)

82ª - ELIZABETH JHIN (autora de novelas)

83ª - NEUSA MARIA FARO (atriz)

84ª - AGUINALDO SILVA (autor de novelas)

85ª - JOÃO VITTI (ator)

86ª - CLÉO VENTURA (atriz)

87ª - SUZY RÊGO (atriz)

88ª - BEMVINDO SEQUEIRA (ator)

89ª - EDSON SPINELLO (diretor)

90ª - LEONARDO BRÍCIO (ator)

91ª - EDUARDO TORNAGHI (ator)

92ª - FABÍOLA REIPERT (jornalista)

93ª - JONAS BLOCH (ator)

94ª - BRITTO JR. (apresentador)

95ª - ADRIANA GARAMBONE (atriz)

96ª - RAUL GAZOLLA (ator)

97ª - BEL KUTNER (atriz)

98ª - LÍCIA MANZO (autora de novelas)

99ª - NICA BOMFIM (atriz)

100ª - MAURO MENDONÇA (ator)

101ª - VANESSA GERBELLI (atriz)

102ª - GUILHERME BERENGUER (ator)

103ª - NÍCOLA SIRI (ator)

104ª - JULIANA MESQUITA (atriz)

105ª - JULIANA XAVIER (atriz)

106ª - GLÓRIA PEREZ (novelista)

 

HISTÓRIAS DE NOVELISTAS

 

LAURO CÉSAR MUNIZ

 

SESSÃO ESPECIAL

 

Aniversário da autora MARIA ADELAIDE AMARAL

Jéfferson Balbino conversa com o ator LIMA DUARTE

Jéfferson Balbino conversa com a atriz REGINA DUARTE

CHIQUINHA GONZAGA

 

Fale com o NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

www.nomundodosfamosos.com.br

jefferson.balbino@nomundodosfamosos.com.br



Escrito por jéfferson às 21h46
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próxima Entrevistada: GLÓRIA PEREZ

Próxima Entrevistada...

Photobucket

A nossa nova entrevistada é a autora de novelas Glória Perez,

que estreia nessa segunda (22/10) sua nova novela das nove, "Salve Jorge".

Aguarde!



Escrito por jéfferson às 21h38
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010