Entrevista Especial com LAURA CARDOSO

 

 

A primeira entrevistada do “No Mundo dos Famosos” de 2013 é uma das maiores e melhores atrizes brasileiras de todos os tempos. Com mais de 50 anos de carreira ela é uma das pioneiras na história da TV brasileira. Começou a carreira no rádio, atuou em inúmeras peças de teatro, em rádio-novelas, no cinema e se consagrou na teledramaturgia brasileira... Suas personagens se eternizaram em nossa memória afetiva, como não se lembrar da conturbada Guiomar da novela “A Viagem”? Ou da crápula Isaura, mãe das gêmeas Ruth e Raquel na novela “Mulheres de Areia”? Ou ainda da bondosa Dona Francisquinha da novela “Como uma Onda”? Ou então daquela nordestina chamada Donana que essa maravilhosa atriz interpretou na novela “Pão-Pão, Beijo-Beijo”? Ou, mais recentemente, da beata Dorotéia na novela “Gabriela”? Essas e outras personagens que essa grande atriz interpretou ao longo de sua sólida e sempre brilhante carreira sempre povoaram em nosso imaginário, sempre lembraremos com muitas saudades... E isso graças ao imensurável e estonteante talento da magnífica e querida atriz LAURA CARDOSO.

Eu atriz, Laura Cardoso, sinto muita falta e fico triste quando um personagem vai embora, mas também tem que ir, pra depois vim outro, mas vão e sempre fica dentro do meu coração, e dentro da minha alma sempre fica um pouco de cada personagem.

(Laura Cardoso)

 

Jéfferson Balbino: Dona Laura, quando e como surgiu seu interesse pela carreira de atriz?

Laura Cardoso: (risos) Ah Jéfferson, eu tenho impressão que isso já vem com a gente, e em certo momento da vida esse interesse se manifesta, eu, por exemplo, tinha de dezesseis pra dezessete anos e aí eu ouvia muito rádio-teatro em São Paulo, tinha a Rádio São Paulo, tinha a Record, tinha um monte de emissoras que faziam rádio-teatro e eu me interessava muito, além disso eu lia muito, lia coisas de teatro, de cinema, eu sempre me interessei, então um dia eu cheguei pra ir de casa fazer um teste pra Rádio Cosmo, antiga Rádio Cosmo, que hoje se não me engano é Rádio América. Nisso eu tinha quase dezessete anos, e daí eu comecei a minha carreira, sempre gostei muito de Literatura, de coisas de Teatro, de Circo, enfim de tudo que se relacionava com a Arte, até hoje, eu amo e gosto.

 



Escrito por jéfferson às 13h10
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com LAURA CARDOSO

 

 

Jéfferson Balbino: Que lembranças à senhora tem do tempo que trabalhou na teledramaturgia da TV Tupi?

Laura Cardoso: A TV Tupi foi o inicio de tudo que esta por aí hoje, é lógico que foi depois que veio a tecnologia, isso depois de não sei quantos anos, mas quando a TV Tupi começou era quase como feita com as mãos, era artesanal, a gente levava coisas de casa, levava móveis, levava roupas, às vezes, se precisassem de uma cena, onde havia um grande jantar a gente até levava de casa. Então foi o inicio de tudo, tudo, tudo que está aí hoje em dia, sem a tecnologia que veio depois, e que é importante, mas a tecnologia ela tira um pouco o sabor da gente fazer e errar, a tecnologia vem que já vem ‘bombando’...

Jéfferson Balbino: E como foi contracenar com seu falecido esposo, o também ator Fernando Baleroni na “Casa de Bonecas”, do “Grande Teatro Tupi” (TV Tupi/1958)?

Laura Cardoso: Jéfferson, nós éramos de Rádio, passamos pra Televisão, na Tupi quando veio em 1950, e a gente namorou e casou... No começo, nos dez primeiros anos da TV no Brasil, foi algo encantado, foi lindo, porque se experimentou muita coisa em teatro, no drama, na comédia, a gente experimentou tudo que hoje está aí, a gente fomos os primeiros a experimentar.

Jéfferson Balbino: Dona Laura, mas o seu esposo a senhora coisa nos bastidores da TV Tupi?

Laura Cardoso: Na Tupi, quando ainda não era TV, mas sim Rádio Tupi.

Jéfferson Balbino: E nessa época, a senhora já era atriz e ele ator?

Laura Cardoso: Sim já éramos atores de Rádio, e depois passamos pra Televisão. Mas a gente era atores de rádio. Eu comecei em Rádio em 1947...

Jéfferson Balbino: Em 1970, a senhora participou da novela “As Púpilas do Senhor Reitor” (Rede Record). O que a senhora ressaltaria do texto do nosso querido Lauro César Muniz?

Laura Cardoso: Olha Jéfferson, o Lauro é um dos mais importantes e mais inteligentes dramaturgos, o que o Lauro escreve é sempre de muita qualidade, é sempre muito bom, sempre de muita profundidade, sabe?! O Lauro não escreve ‘bobajada’ de textos sem nexo, não! Quando o Lauro escreve é sempre algo muito bom, estudado, pensado... Eu estou falando tudo isso porque eu conheço o Lauro há muitos anos, fiz textos do Lauro César e, é sempre de muita qualidade, até um pouco difícil pra chegar assim ao grande público. Ele é um dramaturgo elitista, ele é muito bom, ele é um dos mais importantes, mais inteligentes, mais sério dramaturgo deste país.

Jéfferson Balbino: Dona Laura, e como é o seu envolvimento com suas personagens?

Laura Cardoso: É uma coisa difícil (risos), pra fazê-las eu leio muito o personagem, o que o autor quer, eu discuto muito, eu busco muito, eu faço laboratório, porque eu começo assim no escuro, até porque eu não sei nada, não tenho nada ainda do personagem, é claro que o autor te apresenta te diz o que ele quer do personagem, mas é você como ator que tem que inventar que criar o personagem, dentro daquilo que o autor quer, eu respeito muito o autor.

Jéfferson Balbino: Dona Laura, mas quando acaba uma novela a senhora se sente um pouco órfã de ter que deixar a personagem?

Laura Cardoso: Ah eu sinto, eu fico órfã, agora mesmo eu estava fazendo a “Gabriela” (TV Globo/2012), onde fiz a Dorotéia, num dia desses, eu tive até uma crise de choro porque eu senti que a personagem ia embora, vai pra outro lugar. Eu atriz, Laura Cardoso, sinto muita falta e fico triste quando um personagem vai embora, mas também tem que ir, pra depois vim outro, mas vão e sempre fica dentro do meu coração, e dentro da minha alma sempre fica um pouco de cada personagem.

Jéfferson Balbino: Sua estreia nas novelas da TV Globo ocorreu em “Pão-Pão, Beijo-Beijo”. Como foi interpretar a nordestina Donana?

Laura Cardoso: Pois é Jéfferson, nossa faz tanto tempo... Era uma novela do Walther Negrão, e eu fazia aquela nordestina, eu tive sorte porque eu acertei na composição do físico, no jeito de falar... Eu sempre tenho muito medo de fazer sotaque, por isso eu faço com muito cuidado, com muita delicadeza, mas Jéfferson, a Donana era um personagem rico, forte, maravilhoso e que deu certo e fez sucesso, até hoje me falam de “Pão-Pão, Beijo-Beijo”...

Jéfferson Balbino: Nessa novela também tinha o Soró que foi interpretado pelo saudoso Arnaud Rodrigues que era seu filho né?

Laura Cardoso: Tinha o Arnaud que já foi embora... Tinha a Lélia Abramo, tinha muita gente boa...

Jéfferson Balbino: E como era a sua parceria com o ator Paulo Goulart nos bastidores da novela “Fera Radical” (TV Globo/1988)?

Laura Cardoso: Foi uma parceria muito boa. Eu estava chegando na Globo, porque eu sempre fui de São Paulo, da Tupi de São Paulo, e infelizmente a Tupi acabou e a gente acabou indo pra Globo. Mas foi bom, todas as experiências de trabalho são muito boas, tanto com os colegas, como com o autor, com as pessoas que fazem as roupas, com a maquiagem, enfim, é tudo muito bom, muito envolvente, afinal tudo isso toma muito o tempo da gente enquanto dura a novela que são sempre oito meses...

Jéfferson Balbino: Em 1991, a senhora interpretou a personagem Cândida na novela “Felicidade” (TV Globo), que foi escrita pelo nosso querido Manoel Carlos. Em sua opinião, qual é a importância que esse renomado autor tem na história da teledramaturgia brasileira?

Laura Cardoso: É importantíssimo, Manoel também é um dos mais importantes autores de teledramaturgia do Brasil. O Manoel faz sucesso em qualquer parte onde ele apresenta o que ele escreve, o que ele conta, eu tive uma enorme felicidade em fazer essa novela, que inclusive se chama “Felicidade”, que foi uma das primeiras que eu fiz quando vim pra Globo e, é uma novela linda que atualmente está sendo reprisada pelo Canal Viva... Eu respeito e gosto muito do Manoel Carlos, sabe Jéfferson, os autores brasileiros, são todos eles muito importantes, e muito bons, eles realmente escrevem bem, a prova disso é o sucesso que as novelas brasileiras faz no mundo todo, não é verdade?! A novela brasileira é considerada uma das melhores coisas da teledramaturgia mundial, e a Globo faz isso com muita propriedade, a qualidade da Globo é de primeira água em tudo que ela faz, então tudo colabora pra que uma novela faça sucesso, umas mais e outras menos, mas sendo sempre muito respeitada no exterior e o Manoel Carlos é um, e outros também, como a Glória Perez, com quem eu fiz a novela “Caminho das Índias”, Walther Negrão, enfim todos...

 



Escrito por jéfferson às 13h08
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com LAURA CARDOSO

 

 

Jéfferson Balbino: O que é mais gratificante na carreira de atriz?

Laura Cardoso: Jéfferson, o que é mais gratificante pra mim na carreira de atriz é atingir o público, saber que o público está entendendo o meu trabalho, está gostando do meu trabalho, meu trabalho é muito sério e muito importante pra mim, seja no Teatro, no Cinema ou na Televisão, onde haja um pedaço de palco pra representar pra mim é muito sério e muito importante. Eu quero sempre que quem me ver, goste e entenda do meu trabalho.

Jéfferson Balbino: A senhora também deu um show de interpretação como a simplória Isaura no remake da novela “Mulheres de Areia” (TV Globo/1993). Que importância esse trabalho tem na sua carreira?

Laura Cardoso: Muita importância, eu não destaco apenas um trabalho, pra mim todos os meus trabalhos são importantes. Todos tem a mesma seriedade, a mesma importância, eu faço com o mesmo amor, eu sofro da mesma maneira pra compor o personagem, então todos eles são muito importantes...

Jéfferson Balbino: Outro dos inúmeros trabalhos marcantes que a senhora fez nas novelas foi a Dona Guiomar no remake da novela “A Viagem” (TV Globo/1994). Qual foi a sua fonte de inspiração pra interpretar essa inesquecível personagem?

Laura Cardoso: Não sei qual foi à fonte de inspiração. Como eu gosto muito de estudar, pesquisar, sou muito observadora do ser humano, eu, por exemplo, sempre vou buscar relação com gente da minha família, meus amigos, com gente da rua, de várias classes pra eu compor uma coisa que exista e que agrade...

Jéfferson Balbino: E a Guiomar, sua personagem na novela “A Viagem” era muito interessante, porque ela começava a novela como a sogra perfeita do Raul, personagem do Miguel Falabella, mas depois quando o espírito do Alexandre (Guilherme Fontes) começou a incorporar nela, ela já passar a tratar mal o genro...

Laura Cardoso: Exatamente Jéfferson! Ela era uma mulher que recebia o espírito... Foi difícil fazer, mas eu sei que agradou o público, o Wolf [Maya] que dirigia ficou muito feliz com o resultado e, era lindo, o personagem era perfeito.

Jéfferson Balbino: A senhora é uma das atrizes que mais trabalhou com a grande novelista Ivani Ribeiro, como era a sua relação de amizade com a saudosa autora?

Laura Cardoso: Jéfferson, eu fiz muita coisa de Dona Ivani Ribeiro na Rádio Tupi, porque a Dona Ivani Ribeiro antes de escrever pra Televisão,ela escrevia para o Rádio, ela era uma brilhante novelista de Rádio...

Jéfferson Balbino: E como era a Ivani Ribeiro no dia a dia? A senhora chegou a conhecê-la?

Laura Cardoso: Conheci sim! A Dona Ivani era uma mulher maravilhosa, inteligente, sem igual, muito inteligente, ela fazia também histórias lindas pro Rádio, depois que ela foi pra Televisão, mas ela era de Rádio.

Jéfferson Balbino: Dizem que ela era muito reservada e nem tinha tanto contato com o elenco de suas novelas, é verdade isso mesmo?

Laura Cardoso: Sim, era verdade. Até porque também depois ela já ficou com mais idade, tinha que se respeitar, mas eu ainda a conheci quando ela ainda era moça, era uma mulher bonita, inteligente, bem casada, não me lembro se ela tinha filhos ou não, mas escrevia muito bem. Ivani Ribeiro era especial no rádio e na televisão.

Jéfferson Balbino: E que faz muita falta né?

Laura Cardoso: Ah... A Ivani faz!

Jéfferson Balbino: No Teatro, qual foi espetáculo que mais lhe marcou?

Laura Cardoso: Todos, comigo não tem essa de só um (risos). Porque eu faço sempre com muito amor, com muita vontade de fazer direito e de acertar, por isso eu não essa de escolher apenas um, todos eles foram bons, todos eles são mesma coisa de serem meus filhos do meu coração, da minha alma, da minha mente (risos)...

Jéfferson Balbino: E no Cinema, qual foi o filme que a senhora mais gostou de ter participado? Todos também? (risos)

Laura Cardoso: Também (risos)! No Cinema eu fiz coisas boas, com o Walter Salles Jr., Tatá Amaral, Coimbra, só gente dá pesada, então eu tenho sorte... Trabalhei também com o Hugo Carvana, é importante eu falar do Hugo Carvana porque ele faz parte da história do Cinema brasileiro...

Jéfferson Balbino: Com o Hugo Carvana a senhora fez o filme “A Casa da Mãe Joana” né?

Laura Cardoso: Fiz! E que teve a direção do Hugo [Carvana] que é uma pessoa maravilhosa e também especial.

Jéfferson Balbino: Ao longo de sua carreira já ocorreu algum fato engraçado ou inusitado envolvendo a senhora e algum fã?

Laura Cardoso: Não lembro, juro por Deus que não lembro... Mas já aconteceram outros fatos engraçados como erros de gravações onde eu ia abrir uma porta e a maçaneta saia na minha mão, de entrar em cena com uma roupa e não ser aquela roupa e sim outra, sempre acontece esse tipo de coisa pra todo mundo (risos).

 



Escrito por jéfferson às 13h06
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com LAURA CARDOSO

 

 

Jéfferson Balbino: Qual é a importância das novelas para a sociedade brasileira?

Laura Cardoso: Ah Jéfferson, eu acho que a novela, além de ser um entretenimento bom, maravilhoso, ela é boa pra todo mundo, principalmente pra quem não pode sair de casa, a novela sempre tem um fundo cultural, ela sempre esclarece muita coisa, sempre te mostra culturas de outros países como faz a Glória Perez. É muito importante a novela.

Jéfferson Balbino: Até porque os telespectadores mais pobres não tem tanta condição financeira de ir ao Teatro...

Laura Cardoso: Exatamente, até porque nada substitui o Teatro, mas a novela é uma forma de você ver uma peça, um conto, uma narrativa, por isso é importante à televisão, é muito importante, é um grande veículo de comunicação do Século XX.

Jéfferson Balbino: A senhora também atuou na novela “Vidas Cruzadas” (Rede Record/2000), onde interpretou a personagem Natália. Que recordações a senhora guarda desse trabalho na Record?

Laura Cardoso: Guardo boas recordações, tanto dos colegas, como da direção da novela, do pessoal da Record, fui muito bem tratada, muito bem recebida, e foi muito bom o tempo que eu passei lá.

Jéfferson Balbino: Outra marcante personagem que a senhora fez foi a Dona Francisquinha da novela “Como uma Onda” (TV Globo/2004), que era uma espécie de matriarca da aldeia de pescadores que, embora fosse cega, enxergava a alma das pessoas... Houve alguma dificuldade em interpretar essa personagem?

Laura Cardoso: Outra novela que fiz com o Walther Negrão... Olha Jéfferson, pra você fazer um personagem sempre vai ter dificuldades, até porque é uma coisa que só existe na cabeça do autor, depois na do ator e depois ela tem que existir de verdade pra quem assiste, então é sempre difícil, é lógico que a Francisquinha não enxergava não é verdade?! E era difícil, tanto que eu assisti também uns filmes, como o filme “O Perfume” com o Alpatino, onde ele faz um cego, assisti muitas coisas, e conheci pessoas sem visão e daí é só você prestar atenção, e faz o personagem.

Jéfferson Balbino: O que a senhora acredita ser sua maior contribuição pra historia da teledramaturgia brasileira?

Laura Cardoso: O meu trabalho sério, eu acho que é isso.

Jéfferson Balbino: O Júlio Fischer, colaborador do Walther Negrão, me contou que a senhora estará no elenco da próxima novela das seis, “Flor do Caribe”. Como será sua nova personagem?

Laura Cardoso: Eu não sei, ainda não sei! Só fiz até agora uma leitura, mas a leitura é uma coisa por cima né? Descreve mais ou menos o personagem, mas nunca você sabe ao certo como será o personagem, só o autor que tem ao certo porque é ele que está escrevendo. Mas o ator precisa de tempo...

Jéfferson Balbino: Antes de finalizarmos: Quais foram as melhores novelas que a senhora já assistiu?

Laura Cardoso: Eu não assisto novela...

Jéfferson Balbino: A senhora só faz,  é igual o nosso outro entrevistado, o ator Mauro Mendonça que me diz que é pago pra fazer e não pra assistir? (risos)

Laura Cardoso: (risos) Mas eu vou te dizer porque Jéfferson... Eu não tenho muito tempo, ou eu estou gravando, ou eu estou dando umas aulas e tomando algumas aulas, então não tenho tempo de parar pra assistir e acompanhar uma novela.

Jéfferson Balbino: Querida, foi uma honra imensurável entrevistar a senhora que é uma das maiores atrizes de todos os tempos do Teatro, do Cinema e TV brasileira. Parabéns pela brilhante carreira, e Obrigado por tudo que a senhora fez com a sua sempre magistral interpretação, muito mais sucesso, um 2013 sensacional pra senhora e sua família e um grande beijo!

Laura Cardoso: Obrigada Jéfferson... Desejo pra você também Jéfferson, um 2013 cheio de saúde e alegria. Um beijo e fica com Deus!

 

Entrevista publicada originalmente em www.nomundodosfamosos.com.br no dia: 07/01/2013.

 



Escrito por jéfferson às 13h04
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

OUTRAS ENTREVISTAS

 

 

(por ordem de publicação no site)

 

1ª - NILSON XAVIER (escritor)

2ª - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3ª - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4ª - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5ª - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6ª - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7ª - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8ª - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9ª - DUCA RACHID (autora de novelas)

10ª - ADA CHASELIOV (atriz)

11ª - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12ª - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13ª – ANDRÉ REBELLO (ator)

14ª – KADU MOLITERNO (ator)

15ª - MAURICIO MACHADO (ator)

16ª - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17ª - STELLA FREITAS (atriz)

18ª - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19ª - EDWIN LUISI (ator)

20ª - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21ª - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22ª - WALTHER NEGRÃO (autor de novelas)

23ª - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24ª - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25ª - MATEUS CARRIERI (ator)

26ª - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27ª - TAMARA TAXMAN (atriz)

28ª - AIMAR LABAKI (dramaturgo/autor de novelas)

29ª - LUCÉLIA SANTOS (atriz)

30ª - FÁBIO FABRÍCIO FABRETTI (escritor)

31ª - EDUARDO NASSIFE (escritor)

32ª - ROSANE GOFMAN (atriz)

33ª - CRISTIANNE FRIDMANN (autora de novelas)

34ª - RODRIGO PHAVANELLO (ator)

35ª - YOYA WURSCH (autora de novelas/roteirista)

36ª - INGRA LIBERATO (atriz)

37ª - JOÃO CAMARGO (ator)

38ª - GILBERTO BRAGA (autor de novelas)

39ª - DÉO GARCEZ (ator)

40ª - PATRÍCIA MORETZSOHN (autora de novelas)

41ª - BETH GOULART (atriz)

42ª - MANOEL CARLOS (autor de novelas)

43ª - VANESSA GOULARTT (atriz)

44ª - DENISE EMMER (escritora)

45ª - MARIA ADELAIDE AMARAL (autora de novelas)

46ª - WALCYR CARRASCO (autor de novelas)

47ª - LEONA CAVALLI (atriz)

48ª - AZIZ BAJUR (dramaturgo)

49ª - FÁTIMA FREIRE (atriz)

50ª - VIVIAN DE OLIVEIRA (autora de novelas)



Escrito por jéfferson às 13h02
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

51ª - JÉFFERSON BALBINO (blogueiro)

52ª - SILVIO DE ABREU (autor de novelas)

53ª - PEDRO NESCHLING (ator)

54ª - JORGE BRASIL (jornalista)

55ª - NORMA BLUM (atriz)

56ª - DENISE DEL VECCHIO (atriz)

57ª - RODRIGO ANDRADE (ator)

58ª - LUCINHA LINS (atriz)

59ª - CLAUDIO LINS (ator)

60ª - NARJARA TURETTA (atriz)

61ª - CLAUDINO MAYER (escritor/pesquisador em teledramaturgia)

62ª - ANDRÉ FRATESCHI (ator)

63ª - TUNA DWEK (atriz/escritora)

64ª - TÂNIA BONDEZAN (atriz)

65ª - GERALDO CARNEIRO (autor de novelas)

66ª - ROSAMARIA MURTINHO (atriz)

67ª - VINCENT VILLARI (autor de novelas)

68ª - TÁSSIA CAMARGO (atriz)

69ª - YVES DUMONT (autor de novelas)

70ª - ANDRÉ DI MAURO (ator)

71ª - HERSCH W. BASBAUM (escritor e dramaturgo)

72ª - ELIANA GUTTMAN (atriz)

73ª - RENATO MODESTO (ator, escritor, dramaturgo e novelista)

74ª - FAFY SIQUEIRA (atriz, cantora, humorista e compositora)

75ª - CACÁ DIEGUES (cineasta)

76ª - CLARISSE ABUJAMRA (atriz)

77ª - BLOTA FILHO (ator)

78ª - MÁRCIO KIELING (ator)

79ª - REJANE ARRUDA (atriz e Doutoranda em Artes Cênicas

80ª - LUCIANA BRAGA (atriz)

81ª - JÚLIO FISCHER (novelista e dramaturgo)

82ª - ELIZABETH JHIN (autora de novelas)

83ª - NEUSA MARIA FARO (atriz)

84ª - AGUINALDO SILVA (autor de novelas)

85ª - JOÃO VITTI (ator)

86ª - CLÉO VENTURA (atriz)

87ª - SUZY RÊGO (atriz)

88ª - BEMVINDO SEQUEIRA (ator)

89ª - EDSON SPINELLO (diretor)

90ª - LEONARDO BRÍCIO (ator)

91ª - EDUARDO TORNAGHI (ator)

92ª - FABÍOLA REIPERT (jornalista)

93ª - JONAS BLOCH (ator)

94ª - BRITTO JR. (apresentador)

95ª - ADRIANA GARAMBONE (atriz)

96ª - RAUL GAZOLLA (ator)

97ª - BEL KUTNER (atriz)

98ª - LÍCIA MANZO (autora de novelas)

99ª - NICA BOMFIM (atriz)

100ª - MAURO MENDONÇA (ator)

101ª - VANESSA GERBELLI (atriz)

102ª - GUILHERME BERENGUER (ator)

103ª - NÍCOLA SIRI (ator)

104ª - JULIANA MESQUITA (atriz)

105ª - JULIANA XAVIER (atriz)

106ª - GLÓRIA PEREZ (novelista)

107ª - ODILON WAGNER (ator)

108ª - SYLVIA BANDEIRA (atriz)

109ª - VICTOR PECORARO (ator)

110ª - ALEXANDRE AVANCINI (diretor)

111ª - EDNEY GIOVENAZZI (ator)

112ª - LAURA CARDOSO (atriz)



Escrito por jéfferson às 12h59
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

HISTÓRIAS DE NOVELISTAS

 

LAURO CÉSAR MUNIZ

MANOEL CARLOS

 

SESSÃO ESPECIAL

 

Aniversário da autora MARIA ADELAIDE AMARAL

Jéfferson Balbino conversa com o ator LIMA DUARTE

Jéfferson Balbino conversa com a atriz REGINA DUARTE

CHIQUINHA GONZAGA

 

Fale com o NO MUNDO DOS FAMOSOS

 

www.nomundodosfamosos.com.br

jefferson.balbino@nomundodosfamosos.com.br



Escrito por jéfferson às 12h56
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com: LAURA CARDOSO

EM BREVE...

ENTREVISTA ESPECIAL

com:

LAURA CARDOSO

 



Escrito por jéfferson às 12h52
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010