Entrevista Especial com IZABEL DE OLIVEIRA

 

Hoje eu tenho a honra de entrevistar uma das maiores revelações da teledramaturgia brasileira dos últimos tempos. Embora ela já tenha uma extensa passagem como colaboradora de diversas novelas da Globo, ela conquistou tamanha notoriedade ao estrear como autora-titular ao lado de Filipe Miguez na autoria da novela “Cheias de Charme” que agradou o público, conquistou a crítica e ainda reconquistou a perdida audiência do horário das sete da TV Globo. A “Entrevista Especial” do “No Mundo dos Famosos” é com a querida, brilhante e extremamente talentosa novelista IZABEL DE OLIVEIRA.

 

“Se a história é bem contada o público gosta, o que importa mais é como você conta.”

(Izabel de Oliveira)

 

Jéfferson Balbino: Izabel, como você descobriu seu talento como escritora?

Izabel de Oliveira: Eu sempre gostei de escrever, mas acho que decidi ser uma autora quando desisti de ser atriz. Eu fiz teatro quando era muito nova, mas sempre fui péssima e quando vi que eu realmente não tinha talento pra interpretar, decidi dar vida aos personagens de outro modo. Foi uma sábia decisão, eu escrevo bem melhor do que interpreto.

Jéfferson Balbino: Você estreou como colaboradora na novela “Esplendor” (TV Globo/2000). Que caminho você percorreu até surgir essa oportunidade? E como foi essa primeira experiência na teledramaturgia brasileira?

Izabel de Oliveira: Eu comecei na Globo com “Esplendor”, mas minha primeira novela foi “Perdidos de Amor” da Ana Maria Moretzhon na Bandeirantes em 1996. Eu me formei em jornalismo, fiz teatro por muitos anos e fiz mestrado em literatura. No mestrado eu estudei o melodrama e o folhetim, nessa época eu tinha vinte e poucos anos e já queria escrever pra novela. Trabalhei alguns anos em editoras, como assistente editorial, até que a Ana me convidou pra trabalhar com ela.

Jéfferson Balbino: Como foi escrever cenas e falas para grandes atrizes como: Carolina Ferraz, Rosamaria Murtinho e Lucinha Lins na novela “Estrela Guia” (TV Globo/2001)?

Izabel de Oliveira: É sempre maravilhoso ver um bom ator interpretando um texto que você escreveu.

Jéfferson Balbino: Em sua opinião, porque a novela desperta a atenção do público para os problemas sociais?

Izabel de Oliveira: Quando você escreve um livro teórico sobre um determinado assunto, você entende aquilo que você está lendo, mas quando você lê um romance que fala sobre mesmo tema, além de entender, você se emociona, você torce, você comemora, você vibra. O mesmo acontece com as novelas.

Jéfferson Balbino: Que lembranças você tem da época que escrevia “Malhação” (TV Globo/2004-2007)?

Izabel de Oliveira: Ser redatora final de “Malhação” foi muito importante pra mim. Foi essa experiência que me possibilitou escrever “Cheias de Charme”.

Jéfferson Balbino: Como é a responsabilidade de ter que escrever novela para todas as classes sociais?

Izabel de Oliveira: Escrever novelas é uma responsabilidade enorme porque é o programa mais assistido no Brasil.

Jéfferson Balbino: Você tem vontade de escrever minisséries?

Izabel de Oliveira: Tenho, mas prefiro novela, apesar dar muito mais trabalho.

Jéfferson Balbino: O que você destacaria do seu trabalho nas novelas “Duas Caras” (TV Globo/2007) e “Tempos Modernos” (TV Globo/2010)?

 

Izabel de Oliveira: Todos os trabalhos que fiz me ajudaram muito. O Aguinaldo Silva é um autor que eu admiro demais, eu sempre quis escrever pra ele e foi em “Duas Caras” que eu conheci o Filipe, meu parceiro em “Cheias de Charme”. Eu tenho que destacar também “Insensato Coração”, onde eu colaborei pro Gilberto Braga e pro Ricardo Linhares, os dois me ajudaram demais. O Ricardo foi nosso supervisor em “Cheias de Charme”, ele sabe tudo de televisão.



Escrito por jéfferson às 21h03
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com IZABEL DE OLIVEIRA

 

Jéfferson Balbino: Como você mesmo disse, também colaborou na novela “Insensato Coração” (TV Globo/2011). Que importância os nossos queridos Gilberto Braga e Ricardo Linhares tem na sua formação de novelista?

Izabel de Oliveira: Eu digo que o Gilberto é responsável pela novelista que eu sou, e é verdade. Eu aprendo até hoje revendo as histórias dele. Depois de ter estreado com sucesso em “Cheias de Charme”, a maior alegria da minha vida profissional foi trabalhar e conhecer o Gilberto. Ele é o maior autor de novelas desse país. Mas eu tenho que dizer aqui que a pessoa que praticamente, no dia a dia, não só em “Insensato Coração”, mas em “Cheias de Charme” também, mais me ensinou como levar uma novela, foi o Ricardo Linhares.

Jéfferson Balbino: Quando os atores não seguem fielmente o texto, conforme você escreveu isso lhe desagrada?

Izabel de Oliveira: Um caco às vezes é até bem vindo, mas o ator não deve exagerar. Não gosto quando o ator muda efetivamente a fala, não deveria, mas isso acontece às vezes.

Jéfferson Balbino: Você já mudou alguma história por imposição da direção da emissora, de algum ator ou do público?

Izabel de Oliveira: Novela é uma obra aberta, ela dialoga com o público, o ator dá uma outra dimensão ao personagem, o diretor dá a visão dele. É normal em uma novela a história se modificar um pouco.

Jéfferson Balbino: Em 2012, você ao lado do Filipe Miguez, nos blindou com uma maravilhosa novela que foi “Cheias de Charme” (TV Globo). Você acredita que a novela ajudou a quebrar preconceitos e a valorizar essa profissão tão desvalorizada, porém, tão essencial que são as empregadas domésticas?

Izabel de Oliveira: Sim, eu tenho certeza disso. E isso é uma recompensa maravilhosa.

Jéfferson Balbino: Que avaliação final você faz da novela “Cheias de Charme”?

Izabel de Oliveira: Foi maravilhosa de escrever, foi muito bem dirigida e belissimamente interpretada. Eu fico feliz de pensar que a novela não foi marcante e importante somente pra mim, é muito bom saber que ela vai ser lembrada com carinho pelo público.

Jéfferson Balbino: Sacia uma curiosidade nossa de quem foi à ideia pra inserir em “Cheias de Charme” as ilustres participações especiais de vários famosos?

Izabel de Oliveira: Isso veio naturalmente com a história.

Jéfferson Balbino: Existe um ritmo ideal para contar uma história?

Izabel de Oliveira: Não. Cada história tem o seu ritmo.

Jéfferson Balbino: Você acredita que o público brasileiro prefere as tramas românticas e psicológicas ou já esta preparado pra novelas com enredos inusitados?

Izabel de Oliveira: Se a história é bem contada o público gosta, o que importa mais é como você conta.

Jéfferson Balbino: Foi noticiado na Imprensa que você já está preparando em parceria com o Filipe Miguez uma novela para o horário das sete. Como está sendo essa nova parceria de vocês? Tem como adiantar alguma coisa sobre esse novo projeto?

Izabel de Oliveira: Ainda não dá pra adiantar porque está muito no começo, não temos nem a sinopse ainda. Trabalhar com o Filipe é sempre uma alegria, ele é um grande autor e nós somos muito amigos também.

Jéfferson Balbino: Você tem vontade de escrever algum remake de novela? Se sim, qual titulo escolheria?

Izabel de Oliveira: Eu tinha vontade de escrever “Saramandaia”, mas o Ricardo Linhares está fazendo isso muito melhor do que eu faria, com certeza.

Jéfferson Balbino: Antes de finalizarmos: Quais foram as melhores novelas que você já assistiu?

Izabel de Oliveira: Eu poderia dizer várias aqui, porque eu sou noveleira e amei muitas tramas, mas eu vou dizer só uma porque acho que ela realmente merece destaque: “Vale Tudo” do Gilberto Brado, Aguinaldo Silva e Leonor Bassères. Eu já revi umas duas vezes e não me canso. Essa novela é fantástica.

Jéfferson Balbino: Querida, adorei entrevistar uma talentosa e promissora novelista como você. Parabéns pela brilhante carreira. Beijos e muito mais sucesso!

 

Izabel de Oliveira: Obrigada Jéfferson, beijos!



Escrito por jéfferson às 21h01
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Próxima Entrevistada - IZABEL DE OLIVEIRA



Escrito por jéfferson às 20h56
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





EM BREVE - Entrevista com ANTONIO FAGUNDES



Escrito por jéfferson às 20h53
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010