Entrevista Especial com GLÓRIA PIRES

 

 

A última “Entrevista Especial” de 2013 do site “No Mundo dos Famosos” é com uma das mais renomadas e respeitadas atrizes do Brasil, ela consegue ser unanimidade em absolutamente tudo que faz, querida por todos até quando encarna vilãs perversas como a Maria de Fátima da novela “Vale Tudo” ou a ambígua mocinha Nice no remake da novela “Anjo Mau”, ela ainda consegue cativar sendo a mocinha ingênua, como a Ruth, ou até mesmo como a excitante e maquiavélica Raquel, as célebres gêmeas da novela “Mulheres de Areia”. Sempre em busca de personagens que a desafie como atriz ela está sempre se superando a cada nova personagem que interpreta deve ser por isso que seus trabalhos sempre resultam num retumbante sucesso e público e crítica. Recentemente eu tive o prazer de conhecer pessoalmente essa magistral atriz, no Jantar dos 95 anos do Retiro dos Artistas, e m detalhe que me deixou muito honrado é que me sentei entre ela e a minha querida amiga Rosamaria Murtinho, o que resultou numa noite inesquecível... Minha entrevistada é a querida atriz GLÓRIA PIRES.

 

“Jéfferson, eu tenho tido oportunidades maravilhosas, fiz e tenho feito bons amigos, e estou em paz com o tempo – o melhor dos mundos…”.

 

(Glória Pires)

 

Jéfferson Balbino: Que importância e influência seu pai, o saudoso ator Antônio Carlos Pires, teve na sua carreira de atriz?

 

Glória Pires: Total! Observá-lo criando seus tipos humorísticos me atraía demais e insuflava minha curiosidade.

 

Jéfferson Balbino: Sua estreia na teledramaturgia brasileira aconteceu aos 5 anos de idade na novela “A Pequena Órfã” (TV Excelsior/1968). Que lembranças você tem desse trabalho?

Glória Pires: O primeiro dia, onde só gravei uma imagem (eu estava de costas para a câmera, me virava e sorria, arrumando os cabelos) e um dia de estúdio. Nesse dia, tive uma hemorragia nasal, que me tirou da novela, onde faria uma figuração, mas estive ligada à novela até o fim: a atriz mirim, Patrícia Ayres, saiu da novela, no auge do sucesso. Vendo o apuro que a produção da novela ficou, por conta disso, comentou com o diretor, Dionísio Azevedo, que eu imitava a Patrícia falando. Gravaram então eu dizendo coisas do tipo: “Velho Gui, vem me buscar! Eu estou com frio…”. E usaram sobre imagens de Patrícia em slow motion, como se fossem delírios da personagem. Houve uma passagem de tempo trocaram a atriz e a novela seguiu…

 

Jéfferson Balbino: Você atuou em 3 novelas da inesquecível novelista Janete Clair que foram: “Selva de Pedra” (TV Globo/1972), “O Semideus” (TV Globo/1973) e “Duas Vidas” (TV Globo/1976). O que você ressaltaria do texto dela?

Glória Pires: Eu era muito pequena, não tinha esse tipo de discernimento.

 

Jéfferson Balbino: Qual foi sua fonte de inspiração pra interpretar a marcante Zuca na novela “Cabocla” (TV Globo/1979)? E que avaliação você faz da Zuca interpretada pela Vanessa Giácomo no remake da novela em 2004?

 

Glória Pires: Havia acabado de fazer “Dancin’ Days” e fiquei surpresa por terem me chamado para o papel… Tentei perder o medo que tinha de cavalos, pois Zuca seria meio moleque de roça. Não houve tempo suficiente para vencer esse medo e fiquei meio frustrada.

 

Jéfferson Balbino: A quem você atribui sua maravilhosa carreira de sucesso?

Glória Pires: Atribuo a vários fatores Jéfferson, entre eles, a sorte e a perseverança.

 

Jéfferson Balbino: Qual foi a personagem mais difícil de fazer ao longo desses 40 anos de carreira?

 

Glória Pires: Costumo pensar que no inicio da minha carreira era sempre mais difícil porque antes não havia o preparador de elenco que tanto nos ajuda… Já é um trabalho solitário preparar uma personagem, sem ferramentas então é ainda mais.

 

Jéfferson Balbino: Ainda tem algum tipo de personagem que você nunca interpretou mais que adoraria fazer?

Glória Pires: Jéfferson, eu estou sempre em busca de novos desafios…

 

Jéfferson Balbino: Entre seus trabalhos de maior sucesso e repercussão está às gêmeas Ruth e Rachel da novela “Mulheres de Areia” (TV Globo/1993). O que essas personagens tão densas e complexas colaboraram pra sua formação como atriz? E como foi trabalhar com a grande autora Ivani Ribeiro?

 

Glória Pires: “Mulheres de Areia” foi uma novela maravilhosa, Ivani Ribeiro já estava bem doentinha, mas tinha uma gana incrível… Minha formação se deu e se dá a cada trabalho. Quanto mais complexos, mais demandam… É um exercício diário de vencer obstáculos.

 

Jéfferson Balbino: E o que é mais gratificante na carreira de atriz?

 

 Glória Pires: Realizar! Interpretar tipos distintos…



Escrito por jéfferson às 03h26
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Entrevista Especial com GLÓRIA PIRES

 

Jéfferson Balbino: Você é uma das atrizes que mais trabalhou com o nosso querido Gilberto Braga. Atuando em “Dancin’ Days” (TV Globo/1978), “Água Viva” (TV Globo/1980), “Louco Amor” (TV Globo/1983), “Vale Tudo” (TV Globo/1988), “O Dono do Mundo” (TV Globo/1991), “Paraíso Tropical” (TV Globo/2007) e “Insensato Coração” (TV Globo/2011). O que esses trabalhos e essa sua parceria com o Gilberto representam na sua carreira?

Glória Pires: Gilberto me presenteou com o primeiro papel importante que tive em televisão, por isso tenho enorme carinho por ele.

 

Jéfferson Balbino: O que você destacaria da sua carreira no Cinema?

Glória Pires: “Índia – A Filha do Sol”; “É Proibido Fumar”; “Se Eu Fosse Você 2”e “Flores Raras”.

 

Jéfferson Balbino: Uma das suas ‘obras-primas’ na TV foi seu trabalho em “Direito de Amar” (TV Globo/1987). Como foi o processo de composição da Rosália?

Glória Pires: Estudei etiqueta para melhor compor a menina do inicio do século XX.

 

Jéfferson Balbino: Você já interpretou diversos estilos de personagens que agradaram o público e que a consagrou como uma das melhores atrizes do Brasil, como personagens densas como: Maria Moura (Memorial de Maria Moura), vilãs como: a Maria de Fátima (Vale Tudo), anti-heroínas como: a Nice (Anjo Mau) e mocinhas como: a Júlia Assumpção (Belíssima). Que estilo de personagem você prefere?

Glória Pires: Prefiro as personagens que me desafiem… Seja pela época ou pela trajetória.

 

Jéfferson Balbino: Você também deu um show de interpretação na novela “O Rei do Gado” (TV Globo/1996). Como você trabalhou o perfil psicológico dessa personagem?

Glória Pires: O autor criou a Marieta/Rafaela para ser uma incógnita na trama. Talvez fosse a verdadeira sobrinha ou não.

 

 

Jéfferson Balbino: Quais são suas perspectivas em relação ao futuro da telenovela no Brasil?

Glória Pires: Creio que as novelas devem sofrer ajustes devido às novas necessidades do gênero.

 

Jéfferson Balbino: Como você lida com a fama e com as críticas?

 Glória Pires: Quando é uma crítica construtiva a leio, com atenção.

 

Jéfferson Balbino: Que avaliação final você faz do seu trabalho na história da teledramaturgia brasileira?

Glória Pires: Jéfferson, eu tenho tido oportunidades maravilhosas, fiz e tenho feito bons amigos, e estou em paz com o tempo – o melhor dos mundos…

 

Jéfferson Balbino: Até então sua última participação em novela foi recentemente no remake de “Guerra dos Sexos” (TV Globo/2012). Já têm planos e/ou projetos de retornar a telinha?

 

Glória Pires: A série “Doctor Pri”, de Aguinaldo Silva. Depois a nova novela do Gilberto Braga.

 

Jéfferson Balbino: E sacia uma curiosidade nossa qual foi à melhor novela que você já assistiu?

Glória Pires: “Os Ossos do Barão”, “Dancin’ Days” e “Vale Tudo”.

 

Jéfferson Balbino: Glória, muito obrigado por conceder essa entrevista, parabéns pela sua linda trajetória profissional, muito sucesso e felicidade sempre. Um grande beijo!

 

Glória Pires: Obrigada querido, sucesso pra você também Jéfferson, beijo!

 



Escrito por jéfferson às 03h22
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





EM BREVE



Escrito por jéfferson às 03h20
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





FELIZ 2014... NO MUNDO DOS FAMOSOS



Escrito por jéfferson às 03h19
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.





Ainda Hoje: Entrevista Especial com GLÓRIA PIRES



Escrito por jéfferson às 03h19
- Comente aqui


Deixe o seu comentário.



Histórico:

- 26/01/2014 a 01/02/2014
- 19/01/2014 a 25/01/2014
- 12/01/2014 a 18/01/2014
- 05/01/2014 a 11/01/2014
- 29/12/2013 a 04/01/2014
- 22/12/2013 a 28/12/2013
- 08/12/2013 a 14/12/2013
- 01/12/2013 a 07/12/2013
- 24/11/2013 a 30/11/2013
- 17/11/2013 a 23/11/2013
- 10/11/2013 a 16/11/2013
- 03/11/2013 a 09/11/2013
- 27/10/2013 a 02/11/2013
- 20/10/2013 a 26/10/2013
- 13/10/2013 a 19/10/2013
- 06/10/2013 a 12/10/2013
- 29/09/2013 a 05/10/2013
- 22/09/2013 a 28/09/2013
- 15/09/2013 a 21/09/2013
- 08/09/2013 a 14/09/2013
- 01/09/2013 a 07/09/2013
- 25/08/2013 a 31/08/2013
- 18/08/2013 a 24/08/2013
- 11/08/2013 a 17/08/2013
- 04/08/2013 a 10/08/2013
- 28/07/2013 a 03/08/2013
- 21/07/2013 a 27/07/2013
- 14/07/2013 a 20/07/2013
- 07/07/2013 a 13/07/2013
- 23/06/2013 a 29/06/2013
- 16/06/2013 a 22/06/2013
- 09/06/2013 a 15/06/2013
- 02/06/2013 a 08/06/2013
- 19/05/2013 a 25/05/2013
- 12/05/2013 a 18/05/2013
- 05/05/2013 a 11/05/2013
- 28/04/2013 a 04/05/2013
- 21/04/2013 a 27/04/2013
- 14/04/2013 a 20/04/2013
- 07/04/2013 a 13/04/2013
- 31/03/2013 a 06/04/2013
- 24/03/2013 a 30/03/2013
- 17/03/2013 a 23/03/2013
- 10/03/2013 a 16/03/2013
- 24/02/2013 a 02/03/2013
- 17/02/2013 a 23/02/2013
- 10/02/2013 a 16/02/2013
- 27/01/2013 a 02/02/2013
- 20/01/2013 a 26/01/2013
- 06/01/2013 a 12/01/2013
- 23/12/2012 a 29/12/2012
- 09/12/2012 a 15/12/2012
- 02/12/2012 a 08/12/2012
- 11/11/2012 a 17/11/2012
- 04/11/2012 a 10/11/2012
- 28/10/2012 a 03/11/2012
- 21/10/2012 a 27/10/2012
- 14/10/2012 a 20/10/2012
- 07/10/2012 a 13/10/2012
- 23/09/2012 a 29/09/2012
- 26/08/2012 a 01/09/2012
- 19/08/2012 a 25/08/2012
- 22/07/2012 a 28/07/2012
- 15/07/2012 a 21/07/2012
- 01/07/2012 a 07/07/2012
- 24/06/2012 a 30/06/2012
- 17/06/2012 a 23/06/2012
- 10/06/2012 a 16/06/2012
- 03/06/2012 a 09/06/2012
- 27/05/2012 a 02/06/2012
- 20/05/2012 a 26/05/2012
- 13/05/2012 a 19/05/2012
- 06/05/2012 a 12/05/2012
- 29/04/2012 a 05/05/2012
- 22/04/2012 a 28/04/2012
- 08/04/2012 a 14/04/2012
- 01/04/2012 a 07/04/2012
- 25/03/2012 a 31/03/2012
- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 11/03/2012 a 17/03/2012
- 04/03/2012 a 10/03/2012
- 26/02/2012 a 03/03/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 12/02/2012 a 18/02/2012
- 05/02/2012 a 11/02/2012
- 29/01/2012 a 04/02/2012
- 22/01/2012 a 28/01/2012
- 15/01/2012 a 21/01/2012
- 08/01/2012 a 14/01/2012
- 25/12/2011 a 31/12/2011
- 18/12/2011 a 24/12/2011
- 11/12/2011 a 17/12/2011
- 04/12/2011 a 10/12/2011
- 27/11/2011 a 03/12/2011
- 20/11/2011 a 26/11/2011
- 13/11/2011 a 19/11/2011
- 06/11/2011 a 12/11/2011
- 30/10/2011 a 05/11/2011
- 23/10/2011 a 29/10/2011
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 02/10/2011 a 08/10/2011
- 25/09/2011 a 01/10/2011
- 18/09/2011 a 24/09/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 04/09/2011 a 10/09/2011
- 28/08/2011 a 03/09/2011
- 21/08/2011 a 27/08/2011
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 26/06/2011 a 02/07/2011
- 12/06/2011 a 18/06/2011
- 05/06/2011 a 11/06/2011
- 22/05/2011 a 28/05/2011
- 08/05/2011 a 14/05/2011
- 24/04/2011 a 30/04/2011
- 17/04/2011 a 23/04/2011
- 10/04/2011 a 16/04/2011
- 03/04/2011 a 09/04/2011
- 27/03/2011 a 02/04/2011
- 20/03/2011 a 26/03/2011
- 13/03/2011 a 19/03/2011
- 06/03/2011 a 12/03/2011
- 27/02/2011 a 05/03/2011
- 13/02/2011 a 19/02/2011
- 06/02/2011 a 12/02/2011
- 30/01/2011 a 05/02/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 16/01/2011 a 22/01/2011
- 09/01/2011 a 15/01/2011
- 02/01/2011 a 08/01/2011
- 26/12/2010 a 01/01/2011
- 19/12/2010 a 25/12/2010
- 12/12/2010 a 18/12/2010
- 05/12/2010 a 11/12/2010
- 28/11/2010 a 04/12/2010